Estação Jardim Colonial do Monotrilho da Linha 15 do metrô de São Paulo, possui soluções SH

O projeto do monotrilho do metrô de São Paulo faz parte da ampliação da Linha 15 – Prata, que chegará até a estação Jardim Colonial, com integração da Linha 2 – Verde. A construtora Somague é a responsável pela execução da obra, que após a conclusão atenderá mais de 400 mil passageiros por dia.

Para apoiar nessa obra a SH auxiliou com as seguintes soluções: Andaime Modex® SH, Forma Tekko ® SH, Forma Concreform SH®, Torre de Carga LTT Extra, aplicados na execução das estruturas de concreto da estação, acessos e edifício técnico operacional. O Andaime Modex ® SH e a Escada Modular 325 estão sendo utilizados para acesso e escoramento, enquanto as formas Tekko ® SH e Concreform SH® estão sendo utilizadas na execução de pilares, paredes e vigas, e as Torres de Carga LTT Extra no escoramento da plataforma, vigas e lajes.

Estação Jardim Colonial

A obra da estação Jardim Colonial apresenta grandes desafios, e a SH está comprometida a ajudar a vencê-los:

•  A geometria única das peças de concreto da estação, a falta de espaço do canteiro e sua proximidade em relação à via pública exigiram métodos executivos específicos para permitir o atingimento das metas de cronograma;

• A estação é composta de pilares com geometria bastante específica, cenário perfeito para a Forma Tekko ® SH, dimensionada com alto grau de detalhamento para auxiliar a equipe na montagem da estrutura, e já os Andaimes Modex ® SH foram aplicados de forma a acompanhar todas as variações de medida da estrutura, respeitando o limite de espaço que o canteiro de obras dispunha. Detalhe: a estrutura principal, representando o corpo da nova estação, sendo erguida dentro do canteiro central da Avenida Ragueb Chohfi, em São Paulo.

‘’O principal desafio que a SH ajudou a superar foi o auxílio na elaboração de uma sequência construtiva que ajudasse o cliente a atingir as metas de cronograma, oferecendo soluções não convencionais. O Corpo da Estação foi executado “de cima para baixo”, começando pelas estruturas mais altas e, ao contrário do convencional, fazendo as inferiores posteriormente. A SH ofereceu equipamentos e soluções que permitem ao cliente a execução de serviços paralelos em diferentes pontos da estrutura, acelerando o processo de construção e encurtando o cronograma. ’’ explicou Kleber Bittencourt, Gerente da Unidade SH São Paulo.

A estação Jardim Colonial ficará na região do Iguatemi e com a sua instalação, a Linha 15-Prata tendo seu trecho concluído, terá ao todo 14,6 km de extensão e 11 estações, desde a Vila Prudente, passando pelos bairros São Lucas, Sapopemba e São Matheus. A construção da estação ajudará a reduzir o tempo de viagem da região do Iguatemi até o Centro em mais de 40%, passando de 74 para 40 minutos.

“A presença “full time” do Assistente Técnico Jurandir Oliveira na obra foi imprescindível para o sucesso e cumprimento do cronograma por parte do cliente. Com uma pessoa in loco foi possível mitigar demandas, solucionar e sanar de forma rápida as dúvidas do cliente durante o processo construtivo.”, contou André Santos, Supervisor de Assistência Técnica da Unidade SH São Paulo.

Estação Jardim Colonial

A obra, que iniciou em Junho (2019), teve o atendimento SH iniciado em Agosto (2019). O fornecimento da SH está previsto até Julho desse ano (2020), e a entrega da estação Jardim Colonial está prevista para 2021.

Equipe SH envolvida no Projeto:

Gerente Unidade SH São Paulo: Kleber Bittencourt
Supervisor de Contratos Unidade SH São Paulo: Marcelo Carvalho
Supervisor Assistência Técnica Unidade SH São Paulo: André Santos
Assistente Técnico Unidade SH São Paulo: Jurandir Oliveira
Projetista Unidade SH São Paulo: Fellipe Saraiva

 

Quer saber mais sobre as soluções SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

 

Sistema de Formas para Paredes de Concreto: Condomínio Residencial Solar dos Pássaros, em Salto (SP)

O condomínio residencial Solar dos Pássaros, em São Paulo, está sendo construído pela construtora MRV Engenharia, e está sendo aplicado o sistema Lumiform SH® na execução do empreendimento, além do sistema de segurança NR18 para o trabalho externo das fachadas.

Formado por painéis fabricados com perfis especiais de alumínio e forrados com placas de alumínio, o Lumiform SH® pode ser aplicado nos mais variados tipos de projetos como casas, sobrados e edifícios, com qualidade e ganhos significativos de produtividade.

parede de concreto

A obra iniciou em 2017 para erguer 52 torres com 05 pavimentos em um total de aproximadamente 1.048 unidades habitacionais, e está prevista de concluir esse ano (2020).

paredes de concreto

 Conheça os benefícios de utilizar esse sistema construtivo:

  • Ganhos de até 85% na produtividade;
  • Montagem manual sem necessidade de mão-de-obra especializada;
  • Painéis sem rebites e emendas na face que faz contato com o concreto;
  • Vãos para janelas e portas;
  • Painéis com menos de 18kg/m²;
  • Lajes e paredes concretadas numa única etapa;
  • Acabamento perfeito;
  • Formas leves e de fácil manuseio.

Colaboradores SH que contribuíram com esse Projeto:

Gerente Comercial SH Indústria: Rafael Desterro
Projetista SH Indústria: Daniel Silva
Assistente Técnico SH Indústria: Sandro Sozinho

Quer saber mais sobre sistema de formas para Paredes de Concreto? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Obra de execução do Rodoanel Norte, em São Paulo, tem auxílio de Forma Deslizante

A Forma Deslizante SH é um sistema utilizado para obras com estruturas de concreto armado muito altas

O Rodoanel Norte é um dos quatros trechos da Rodovia Mário Covas e foi planejado para melhorar o trânsito da cidade de São Paulo, com o propósito de aliviar o tráfego de cargas de passagem pesadas, deixando o fluxo mais livre para os transportes coletivo e individual.

Ao todo são 176 km de rodovia, onde o trecho do Rodoanel Norte possui 44 km de extensão, e passará pelos municípios de São Paulo, Arujá e Guarulhos, onde terá uma ligação exclusiva de 3,6 km com o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

Para a obra do lote 05 do Rodoanel a SH participou fornecendo as melhores soluções: Forma Deslizante SH®, Console SH, Escada Modular Modex ® SH e Escoramento Metálico Modex ® SH, distribuídos em 250 toneladas de equipamentos, soluções SH que otimizaram muito o acumulo de material em obra. O resultado foi um encerramento de contrato muito sadio entre as partes.

rodoanel

Com pilares de 50 metros de altura, a Forma Deslizante SH teve um papel significativo nesse projeto, diminuindo o prazo de entrega na execução, atendendo o tempo solicitado pelo cliente, onde ao todo foram executados aproximadamente 60 pilares no prazo de 12 meses.

rodoanel

‘’Foi um grande desafio, o deslizamento dos pilares exige uma grande precisão na movimentação. O prumo do sistema da forma deslizante é um fator muito importante, pois com a movimentação sempre tende a fugir do eixo. Com muito esforço e dedicação de todos a execução foi um sucesso.’’ complementou Paulino Silvestri, Supervisor de Projetos da Unidade SH São Paulo.

Colaboradores SH que contribuíram com esse Projeto:

Gerente Unidade SH São Paulo: Luiz Gomes
Gerente Comercial Unidade SH São Paulo: Silvio Lira
Projetista Unidade SH São Paulo: Fellipe Saraiva
Assistente Técnico  Unidade SH São Paulo: Manoel Rodrigues

 Quer saber mais sobre as soluções da SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Edifício de 1 bilhão de reais na Faria lima, em São Paulo, conta com equipamentos SH.

O Birman 32 é um Empreendimento Corporativo que está sendo construindo em São Paulo. Um projeto grandioso com, aproximadamente 120 mil metros²,  o Edificio B32 é um edifício comercial e seu projeto também contempla um teatro e uma praça!

Para a execução dessa obra, a construtora Birmann S.A, conta com soluções avançadas em Formas e Escoramentos da SH.

Planejado para garantir a alta eficiência dos seus espaços corporativos, o empreendimento possui 52 mil metros² de áreas locáveis, em 32 pavimentos de até 2 mil metros² de laje, em uma torre única de 125 metros de altura, e tudo isso pensado para a integração com a cidade.

Na obra estão sendo utilizados os sistemas: Concreform SH® para pilares e paredes, Tekko ®SH para blocos, Topec ®SH em lajes, Torre de Carga LTT para vigas, Modex ®SH em escadas e andaimes e Forma Circular para pilares. ✔

“Dentro do projeto que tínhamos de estrutura de concreto armado fomos ao mercado procurar as melhores empresas que poderiam nos atender, tanto em quantidade de fornecimento, como prazo para ser atingido. Uma das coisas que fez a diferença quando fizemos a contratação da SH, foi à disposição da SH em disponibilizar um engenheiro que ficasse “Full-Time” na obra e mais um técnico que fizesse o acompanhamento dos materiais”.

Pedro keleti – Gestor da Obra B32

Marco Cavalheiro, Gerente Comercial da Unidade de São Paulo, explica qual foi, até o momento, o maior desafio no atendimento dessa obra:

“O maior desafio foi à produtividade para ganho de cronograma. Com o sistema Topec ®SH e acompanhamento técnico impecável, conseguimos agilizar em aproximadamente três meses a entrega da estrutura.”

A obra, que iniciou no início de Fevereiro de 2018, tem previsão de término em Outubro de 2019.

Confira a entrevista com Pedro keleti – Gestor da Obra B32:

Confira a evolução da obra:

Soluções em escoramentos atuam na reconstrução de pontilhão em São Paulo

A obra de reconstrução do pontilhão, localizado sobre o Rio Tamanduateí, em Vila Prudente, Zona Leste de São Paulo, está recebendo soluções SH em parceria com Dp Barros Pavimentação e Construção LTDA. A estrutura era utilizada como retorno e ficava embaixo do viaduto Grande São Paulo, entre as avenidas Professor Luiz Inácio de Anhaia Melo, no sentido Ipiranga, e Doutor Francisco Mesquita. Após a queda no final de 2015, a obra tornou-se emergencial devido a importância da ponte para o tráfego paulista.

O tempo apertado para a execução do projeto e o acesso à pequena ponte foram os obstáculos para as equipes envolvidas. Segundo o Engenheiro e Gerente Comercial da SHMarcelo Carvalho, as primeiras soluções esbarraram nas especifidades de acesso da obra. “Observamos que seria impossível o lançamento de vigas pré moldadas com guindaste, pois o vão era de 30 m e a viga necessitaria de um guindaste de grande porte no qual não teríamos entrada fácil”.

01

Dessa forma, a solução ideal para vãos de até 30 m são as treliças SH300. Elas oferecem ajustes da contra flecha e possibilidade de trabalhar com momento negativo, por exemplo, e em situações hiperestáticas e em balanço. “Foi proposto a execução das vigas moldadas no local com sistema de treliça SH300 por cima, apoiada nas extremidades em torres de LTT Extra, Multiform SH® e Perfil W pendurados com Barra MF, que seguram os Perfis C12 na parte de baixo para servir de escoramento das vigas.”, explica Marcelo.

Foram utilizados 120 toneladas de equipamentos no pico da obra, ou seja, o momento de máxima utilização de estruturas metálicas. A estimativa é que a ponte já esteja pronta em Julho deste ano.

03

Outros equipamentos aplicados

Multiform SH®

Sistema de formas para parede, pilares, geometrias especiais, como pontes e viadutos, e estruturas complexas, como túneis e vãos maiores. O Multiform SH® pode ser configurado para uso como fôrma horizontal ou vertical, como estruturas metálicas para montagem de treliças e pórticos (aplicáveis no escoramento e fôrma de túneis), em estruturas tipo carro de pontes, em torres de carga e em diversas outras aplicações, podendo, inclusive, tomar a forma de consoles trepantes.

LTT Extra

Para saber mais sobre as torres de carga LTT Extra, acesse aqui.

Complexo Royal Palm Plaza conta com precisão em serviços logísticos

São Paulo receberá o maior complexo empresarial do Brasil. O empreendimento, localizado em Campinas, é o Complexo Royal Palm Plaza, um produto novo no país que contará com centro de convenções integrado a dois hotéis. Na primeira fase da obra está sendo erguido o Hotel Royal Palm Tower que será completamente integrado ao complexo.

O Hotel Royal Palm Tower terá 226 unidades voltadas para o público business. Suas áreas comuns contam com lobby com pé-direito duplo, piscina, fitness e sauna seca na cobertura. Todo o Complexo terá cerca de 55 mil m² de área construída O auditório terá capacidade para de cinco mil pessoas e 9 mil em formato de show. Já no almoço ou jantar, 3.500 pessoas poderão ser servidas simultaneamente.

Para a execução da primeira fase da obra, a Odebrecht Realizações Imobiliárias e SPCIA 03 Empreendimentos contaram com as soluções da empresa SH para o fornecimento de escoramentos, fôrmas e equipamento de acesso.

IMG_20160309_164419267_resized

DESAFIO

O Supervisor de contratos da SH, Adriano Salomão, destaca que a obra exigiu uma grande quantidade de equipamentos, até o momento, contabiliza-se 330 toneladas, aproximadamente. O supervisor conta que os carregamentos acontecem sequencialmente, exigindo um acompanhamento logístico diário.

Do ponto de vista técnico, Adriano conta que o maior desafio foi vencer o escoramento da laje do subsolo do hotel. A estrutura tem um pé direito de 10 metros já que está sobre um talude de 8m de desnível com duas bermas.  A chuva e o cronograma, também foram fatores que exigiram atenção.

SOLUÇÃO

Com o auxilio de perfis W e perfis AL, foi criada uma espécie de “plataforma” que serviram de apoios intermediários das torres de escoramento, a fim de vencer a altura do pé direito.

Além disso, o fornecimento para a obra exigiu um planejamento logístico cuidadoso. O Supervisor de Logística da unidade da SH em São Paulo, Carlos Junior, ressalta a importância da sinergia entre os departamentos comercial, logístico, assistência técnica e projetos: “É fundamental que as informações cheguem de maneira ágil, isso facilita que as decisões sejam tomadas rapidamente, diminuindo as chances de falhas nesse processo”.

Luis Tavares, Analista de Operações Nacional, complementa destacando princípios básicos que contribuem para o sucesso do processo logístico: “É imprescindível ter em mente esses quatro princípios, o material certo, na hora certa, na quantidade correta e na qualidade esperada,” conclui.

PRODUTOS

Nessa primeira fase, a SH participa oferecendo a Torre de Carga LTT para apoio da cubetas plásticas utilizadas para a laje do subsolo. No primeiro pavimento tipo, existe uma estrutura com laje plana e vigas de bordas, nesse caso, o Topec ® SH garantiu acabamento e produtividade na execução. E, para acesso dos trabalhadores, a empresa oferece a Escada Modular Modex.

 Topec® SH

Composta por painéis de alumínio forrados com compensado plastificado de 10mm, a forma para laje Topec® SH permite a montagem de lajes, sem a necessidade de cortes, pregos e emendas. O sistema formado por duas peças básicas – painel e escora, montados sem a necessidade de ferramenta especial – dispensa mão-de-obra especializada e revestimento de teto. Estimativa de Mão-de-Obra: 0,30hh/m²

IMG_20160309_091324691_resized

 Torre de Carga LTT 

Simples, a LTT permite a montagem de torres com modulações de 0,75 X 1,25m a 1,00 X 2,50m para carga de até 12 toneladas em qualquer altura. Carga admissível: cada poste da torre suporta até 3 toneladas.

Aplicação: Obras industriais, comerciais, residenciais, pontes e viadutos.

Pilares e vigas de estação da Linha 13 contam com solução mista de fôrmas

Nova linha de trens de São Paulo atenderá Guarulhos

São Paulo vai ganhar uma nova linha de trens até o fim de 2016. As obras para construção da Linha 13 – Jade já começaram e a primeira estação das três a serem construídas já está sendo erguida. Trata-se da nova estação em Engenheiro Goulart, ela será responsável pela ligação entre as linhas 12, já existente, e 13.

IMG_20150220_152510931_HDR (3120 x 1755)

A nova linha terá aproximadamente 12.2km e tem como objetivo atender o munícipio de Guarulhos, que ainda não tem sistema de transporte público ferroviário, além de criar um novo modal de acesso ao Aeroporto Internacional de São Paulo. A linha Jade será composta pelas estações Engenheiro Goulart, Guarulhos Cecap e Aeroporto de Guarulhos. A estimativa é que sejam transportados cerca de 120 mil passageiros por dia. O investimento para a construção da linha é de R$ 1,8 bilhão.

O Consórcio HFTS, que é responsável pela construção dos lotes 1 e 3, contará com as soluções das formas Tekko® SH e Concreform® SH para execução de pilares e vigas. O arquiteto Rogério Uliana, supervisor de contrato da obra, conta como e porque as fôrmas foram optadas nesse caso. “A obra conta com pilares oblongos com geometria única em concreto aparente, neste caso a fôrma de madeira poderia comprometer o acabamento. Por isso, ao estudarmos a obra, propusemos uma solução mista, aplicando fôrmas circulares metálicas em conjunto com as fôrmas Tekko ® SH”.

Pilares oblongos têm como característica uma geometria específica onde seu desenho, em planta, se dá através de dois semicírculos, estendidos por um segmento de reta.
IMG_20150427_095611641_HDR (2080 x 1170)

Além disso, o LTT e LTT Extra, Cimbramentos metálicos e o SH 20 (de madeira) serão utilizados no escoramento das estruturas da estação. Já para acesso, a solução será com Modex® SH e a Escada Modular Modex® SH.

Saiba mais sobre as soluções para esta obra: Tekko® SH,Concreform® SHLTT e LTT ExtraModex® SHEscada Modular Modex® SH.

Rodovia Imigrantes ganha viaduto para escoamento do trânsito na região

A Rodovia Imigrantes- SP, no trecho de São Vicente, está ganhando mais um viaduto. Ele será construído entre os kms 66 e 67, sobre a Avenida Marechal Rondon e Rua Paulo Horneaux de Moura. O objetivo da obra é aumentar a fluidez do trânsito na região, eliminando os semáforos em seis pontos, além de melhorar a acessibilidade às praias do litoral sul de São Paulo.

O viaduto tem entre apoios de 26m, e um total de 78m de comprimento e a altura do gabarito de 6,80m. Em cada um dos lados, têm duas faixas de rolamento, acostamento e passeio de pedestres. A Construtora Ferreira Guedes S/A, responsável pela obra, utilizou as fôrmas para pilares circulares da SH, e o sistema de fôrmas Concreform SH® para as vigas longarinas e a fôrma em alumínio para New Jersey para execução as barreiras rígidas.

As vigas longarinas do viaduto têm uma geometria peculiar. “As angulações e volumes são diferenciados, fazendo com que as vigas fossem completamente fora do padrão encontrado nas obras do DER, no estado de São Paulo. Para atender às necessidades do desenho especial da viga, tivemos que detalhar no projeto um enchimento muito específico em madeira, fixados nas fôrmas Concreform SH® ,” explicou Rogério Uliana, supervisor de contratos da SH.

essa

O sistema de fôrmas Concreform SH® é leve e ao mesmo tempo rígido, e pode ser movimentado manualmente ou com auxílio de grua. Além disso, pode reduzir até 70% da mão de obra necessária para montagem e desmontagem da fôrma.

Lumifast é notícia em jornal de São Paulo

Este mês, o Jornal de Piracicaba noticiou o Lumifast , sistema de formas pré-definido para paredes de concreto em alumínio da SH. O sistema é ideal para as construtoras que não tem projeto do empreendimento definido e necessitam de um já testado no mercado.

 

4 de dezembro-Jornal de Piracicaba - Lumifast

SH participa da construção do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas – SP.

Contratada pela Construtora Construcap, a SH participa da obra do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas, em Guarulhos – SP.

Dividida em quatro trechos: Trecho Oeste – 32 km de extensão, Trecho Sul – 57 km de extensão, Trecho Leste – 43,5 km de extensão e Trecho Norte – 44 km de extensão, a obra tem como principal objetivo organizar o trânsito da Grande São Paulo, promovendo um novo fôlego para o setor de transporte rodoviário de cargas do país. “A obra aproximará os centros de produção e consumo do estado, contribuindo para o desenvolvimento econômico da região”, explica Manoel Brito, Assistente Técnico da unidade SH em São Paulo, responsável pela atuação da SH na obra.

Rodoanel-Mario-Covas-SP-Trecho-Norte-4

Para a construção do Trecho Norte, a SH fornece fôrmas Tekko®SH e Concreform SH® para a execução dos blocos de fundação. Na execução dos pilares, são utilizadas fôrmas para Pilar Circular SH® 1,20m / 1,40m e 1,60m. Para a plataforma de trabalho são utilizados Andaime Modex®SH, Andaime Tubular e Piso Metálico. Além disso, a SH fornece Escada Modular Modex®SH para o acesso aos pilares, e escoramento Torre de Carga LTT Extra para vigas travessa.

O saldo atual de equipamentos em obra é de aproximadamente 292 toneladas, podendo chegar a 600 toneladas de equipamentos até o final do projeto. “Esta é uma obra complexa que possui quase toda a sua extensão composta por viadutos, devido à péssima qualidade do solo e os terrenos acidentados. Além disso, a obra necessita de escoramentos que suportem uma carga de até 160 toneladas e com alturas elevadas variando de 12m a 20m”, conta Gilson Oliveira, Assistente Técnico da SH que também atende à obra. “Nossos equipamentos e serviços nos permitem oferecer uma solução mais completa para a realização do projeto, contribuindo para todo o processo”, completa.

Rodoanel-Mario-Covas-SP-Trecho-Norte-2

A rodovia terá um acesso restrito que contornará a Região Metropolitana num distanciamento de 20 a 40 km do centro do município, possuindo extensão total de 176,5 km, que fará conexão com grandes corredores de acesso à metrópole: Rodovia dos Bandeirantes, Via Anhangüera, Castelo Branco, Raposo Tavares, Régis Bittencourt, Imigrantes, Anchieta, Ayrton Senna, Dutra e Fernão Dias.

O Trecho Norte é o último a ser construído, completando o anel perimetral de 177 km em torno do estado de São Paulo. A obra teve início em fevereiro de 2014 e tem a previsão de término para março de 2016.

Rodoanel-Mario-Covas-SP-Trecho-Norte-3

Rodoanel-Mario-Covas-SP-Trecho-Norte-1