SH conquista Prêmio Téchne de Inovação Tecnológica na Construção Civil.

Premiação identifica tecnologias capazes de melhorar a produtividade nas obras e o desempenho do ambiente construído

Renato Faria • Edição 208 – Julho/2014

Em um mercado competitivo como o da construção civil brasileira, identificar produtos e sistemas construtivos realmente inovadores não é uma tarefa fácil. Todo ano, construtores e projetistas são apresentados a uma grande variedade de soluções criadas para otimizar processos, reduzir custos ou melhorar a qualidade dos projetos de edificações e de infraestrutura.

Neste ano, convidamos a indústria a se inscrever no 1º Prêmio Téchne de Inovação Tecnológica na Construção Civil. O objetivo era identificar e premiar os fornecedores pelo desenvolvimento de tecnologias inovadoras e capazes de melhorar a produtividade nas obras e o desempenho do ambiente construído. As inovações deveriam se enquadrar em uma das três categorias: a) Produtos e materiais de construção, b) Sistemas construtivos e c) Máquinas ou equipamentos.

Um júri técnico composto por cinco engenheiros (veja ao lado) avaliou todos os produtos. Cada jurado atribuiu uma nota de 1 a 5 para os seguintes critérios: I) Grau de inovação tecnológica; II) Disponibilidade de dados sobre o desempenho do produto; III) Aplicações relevantes em projetos no Brasil; IV) Ganho de produtividade; e V) Impactos sobre o meio ambiente e a sociedade. O resultado final, apresentado nas páginas a seguir, é uma lista de 14 produtos e sistemas construtivos de média igual ou superior a três que se destacam pelo alto grau de inovação tecnológica.

revista_techne_premio_inovacao_multiform_julho_2014_clipping

CATEGORIA SISTEMAS E PROCESSOS CONSTRUTIVOS

Empresa: SH Fôrmas

Produto: Multiform SH

Grandes estruturas

O sistema de fôrmas para obras pesadas Multiform SH se destaca pela facilidade de adaptação a formatos diferentes de estruturas. As fôrmas são formadas por perfis MF-12 laminados (duplo U com altura de 12 cm), unidos entre si com espaçadores, e vigas SH20 fixas com grampos. Essa composição permite que a montagem de geometrias complexas e com capacidade de carga variável entre 60 kN/m² e 90 kN/m², segundo o fabricante. É indicado principalmente para a execução de estruturas de grande porte, habitualmente encontradas em obras de infraestrutura e industriais, como em pilares de pontes estaiadas com variações de dimensões e em fôrmas de aduelas de pontes ou viadutos executados em balanços sucessivos, tanto tradicionais quanto estaiados. No entanto, também pode ser usado em paredes e pilares de obras prediais. A montagem das fôrmas pode ser feita pelos próprios funcionários da obra com a instrução de encarregados ou supervisores técnicos da fornecedora, dispensando especialização ou treinamento prévio. Além de diminuir o uso de madeira, o sistema pode ser reutilizado em outras obras depois de passar por manutenção.

Fonte: http://techne.pini.com.br/engenharia-civil/208/artigo319298-4.aspx

 

Cidade das Artes

Localizado no entrocamento entre a Avenida Ayrton Senna e Avenida das Américas na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, o complexo cultural Cidade das Artes (ex-Cidade da Música) é um verdadeiro monumento arquitetônico, um projetor inovador do arquiteto francês Christian de Portzamparc. O edifício apresenta um volume assimétrico de concreto, sua estrutura em curvas esbeltas e grandes vãos exigiram o emprego de técnicas de cálculo e ferramentas de modelagem modernas.

Após nove anos de obras e paralisações o conjunto será inaugurado este ano, sob a gestão de uma Organização Social (OS) escolhida pela profeitura em processo de licitação. Vencedor do prêmio Pritzker de 1994, o arquiteto Christian Portzamparc foi contratado pelo então prefeito Cesar Maia devido sua vasta experiêcia em projetos similares como a Cité de la Musique e a Escola de Dança e Ópera, ambos em Paris.

O projeto apresenta pilares-parede partindo do térreo feitas de concreto com linhas curvas e inclinadas, como velas de barco, que formam o pilotis e fecham os blocos independentes do complexo. A estrutura foi concebida a partir de uma visita do arquiteto ao local, muito antes do início das obras. Naquela oportunidade, Christian subiu em uma arquibancada que havia no terreno e observou as montanhas, o mar e as lagunas que compõem a paisagem da Barra da Tijuca.

A vista do terreno convenceu o arquiteto de que o projeto pedia uma grande varanda, para os usuários contemplar a paisagem. A proposta arquitetônica, que espalha o programa em vários blocos de volumes irregulares espaçados entre si, cria vazios que permite que a obra respire. Esta técnica foi desenvolvida pelo arquiteto desde sua juventude, e foi aplicada em alguns de seus projetos como a Cité de la Musique, em Paris.

O arquiteto trabalhou diretamente com os calculistas Bruno Contarini e Carlos Fragelli no desenvolvimento do projeto. “Eu desenhei minhas velas, minha vigas pretendidas e eles ultilizaram os meios digitais mais modernos para calcular essa imensa estrutura sem simetria, que seria incalculável há 15 anos“, explica o arquiteto. A complexidade do projeto exigiu que a modelagem da edificação fosse feita de forma integral, e não com os elementos estruturais separados.

Segundo Clóvis Primo, diretor de operações do consórcio Andrade Gutierrez, a obra apresentou grande complexidade devido à necessidade de de manutenção do escoramento em boa parte do cronograma. ” A estrutura só poderia ser decimbrada depois que toda laje superio fosse protendida”, explica. Portzamparc conta também que o trabalho foi procedido de diversos teste de fôrmas e da concretagem. “Apesar das dificuldades construtivas, a obra toda em concreto aparente ficou bem-executada“, comenta Rodolfo Mantuano, diretor da Carioca Cristhiani-Nielsen.

A inauguração está prevista para este ano sob a gestão de um Organização Social escolhida por licitação. A entidade será responsável pela finalização das instalações e promover as atividades culturais. A Secretaria Municipal de Cultura lançou em agosto do ano passado o edital para a escolha da entidade, mas suspendeu os trâmites no mês seguinte.

Confira a matéria completa no site:

http://revista.construcaomercado.com.br/negocios-incorporacao-construcao/136/cidade-das-artes-edificio-monumental-com-volumes-assimetricos-de-272833-1.asp

Caderno de Casos de Inovação na Construção Civil.

Buscando contribuir para a capacitação dos profissionais da construção civil, assim como estimular o uso de práticas inovadoras pelo setor, o Departamento de Construção e Estrutura da Escola Politécnica da UFBA ficou responsável por catalogar e estruturar casos de sucesso inovadores na construção civil nos níveis empresarial, gerencial e técnico, visando à ampla disseminação destas inovações para as empresas de construção e seus agentes intervenientes.

A pesquisa envolveu o levantamento de boas práticas inovadoras; a definição da estrutura de coleta de casos inovadores; a coleta e estruturação de casos inovadores; bem como, validação e disponibilização dos casos.

Em 2010 foram elaborados sete casos de inovação, coletados em nível nacional, conforme mostra a figura abaixo, e que estão disponibilizados no site www.pit.org.br.

A principal contribuição desse trabalho consistiu no estabelecimento de uma rede para coleta de informações sobre as práticas inovadoras, dando início à criação de um banco de dados de casos inovadores. Isto vem possibilitando a disponibilização das informações coletadas e desenvolvimento do aprendizado sobre a inovação no setor da construção civil, principalmente nesse momento em que as empresas se deparam com a necessidade de desenvolver ou
incorporar essas práticas, na busca por melhores resultados.

É indispensável, no entanto, que essa coleta apresente uma continuidade, em nível nacional, através do incentivo aos estudantes de universidades para a identificação e cadastramento de novos casos por meio, por exemplo, de atividades como trabalhos de conclusão de cursos e de disciplinas voltadas à construção civil. É importante também que as empresas do setor se disponham a participar na ampliação da base de dados por meio da divulgação e validação das práticas adotadas, cadastrando novos casos, além de proporem sugestões de melhorias das inovações, no próprio site do Programa Inovação Tecnológica.

Neste sentido, espera-se que esta publicação possa estimular o conhecimento de processos e produtos inovadores na construção, estimulando o seu futuro uso.

Para baixar o Caderno de Casos de Inovação na Construção Civil, na íntegra, CLIQUE AQUI  (tamanho aproximado de 4MB).

Veja um dos casos de práticas inovadora do Caderno de Casos de Inovação na Construção Civil.

 

 

 

 Para baixar o Caderno de Casos de Inovação na Construção Civil, na íntegra, CLIQUE AQUI  (tamanho aproximado de 4MB).

Projetos inscritos no Prêmio SH de Inovação estão sendo analisados.

A SH lançou, esse ano, o Prêmio SH de Inovação, um concurso científico voltado a estudantes brasileiros de graduação, pós-graduação e seqüenciais, e a professores, nos cursos de Engenharias, Arquitetura, Siderurgia, Petróleo e Gás e outras áreas tecnológicas.

O prazo de inscrições terminou no último dia 31, e nossos profissionais que participam da banca de avaliação de pré-projetos já estão reunidos analisando cada um para ver se atendem as regras do concurso. Engenheiros gabaritados ficaram com essa tarefa de aprovar ou não os tantos projetos inscritos de maio pra cá, e dia 10 de setembro, enviaremos um e-mail para os titulares dos projetos informando os resultados dessa etapa e orientando os próximos passos da etapa de elaboração.

Estao sendo avaliados o grau de inovação da proposta, a viabilidade técnica e comercial, a criatividade e a apresentação dos projetos de Produtos & Aplicações e no caso de Gestão da Manutenção, serão considerados a relevância do produto ou processo, o grau de inovação e originalidade, a relação custo-benefício, o potencial de aplicabilidade e de sustentabilidade e apresentação.

Os selecionados poderão visitar a empresa e/ou suas obras, mediante autorização e receberão ajuda de custo para despesas com deslocamento, material de pesquisa e protótipos, limitada a R$ 500,00 por mês. O autor vencedor receberá um prêmio em dinheiro no valor de R$10.000,00, (dez mil reais), e seu professor-orientador R$5.000,00 (cinco mil reais). Ambos serão contemplados ainda com um troféu e um diploma do concurso.

É a SH investindo em inovação, tecnologia e nos futuros profissionais do mercado. Fiquem ligados!

Ainda dá tempo! Inscreva-se..

A SH lançou, esse ano, o Prêmio SH de Inovação, um concurso científico voltado a estudantes brasileiros de graduação, pós-graduação e seqüenciais, e a professores, nos cursos de Engenharias, Arquitetura, Siderurgia, Petróleo e Gás e outras áreas tecnológicas.

O estudante se inscreve com um pré-projeto, uma idéia de um novo produto ou nova aplicação de equipamentos na Construção Civil, ou ainda com projetos para a manutenção que visem a industrialização da Construção Civil, na área de fôrmas para concreto, escoramentos metálicos e andaimes.

Sendo aceito, o estudante tem a oportunidade de desenvolver seu projeto com ajuda da SH e passa concorrer ao prêmio de R$15mil (que irá para o projeto vencedor nos quesitos descritos no regulamento do prêmio). São R$10mil para o aluno e mais R$5mil para o professor.

O Prêmio tem duas categorias: Produtos & Aplicações, com projetos de soluções que visem a industrialização da construção civil, e Gestão da Manutenção, com os projetos de soluções para a gestão da manutenção dos equipamentos, de forma a agregar valor pelo aumento da produtividade ou pela redução de custos, e ser sustentável (não deve agredir o meio ambiente).

O concurso será realizado em duas etapas: a 1ª Etapa consistirá na inscrição de pré-projetos das duas categorias citadas; e a 2ª Etapa, no desenvolvimento dos pré-projetos selecionados na primeira etapa.

O prazo de inscrições vai até dia 31 de agosto!

Algumas vantagens:

• O projeto poderá servir como projeto de conclusão para alunos em final de curso;
• Poderá ser financiado pela SH cobrindo despesas com deslocamento, material de pesquisa e protótipos com até R$500,00 por mês;
• Selecionados na primeira fase poderão visitar a empresa e suas obras para coletar informações para o projeto.

Inscreva-se aqui!

A SH acredita nesse prêmio como uma oportunidade para futuros e novos profissionais no mercado mostrarem seu trabalho e também como forma de fomentar novas idéias na área da Construção Civil. Participe!

Inscrições do Prêmio SH de Inovação Prorrogadas!

Devido a grande procura de universitarios de todo o país, e da importância dessa grande oportunidade para os futuros profissionais do mercado das engenharias, a SH vai prorrogar as inscrições do Prêmio SH de Inovação para 31 de agosto. Se você ainda não se inscreveu, essa é a sua chance de concorrer a R$15mil.

Dicas e Orientações:

  • Você pode unir o útil ao agradável – Se você está nos últimos períodos do seu curso de graduação, aproveite para fazer deste, o seu projeto de conclusão. Não é todo dia que você pode cumprir exigências para a sua graduação, e ao mesmo tempo, concorrer a R$15mil.
  • E que tal desenvolver o seu projeto sem gastar um tostão? – A SH pode financiar suas despesas com deslocamento, material de pesquisa e protótipos com até R$500,00 por mês. Bacana né?!
  • A SH abre as portas pra você – Os selecionados na primeira fase poderão visitar a empresa e suas obras para coletar informações para o projeto. Quem sabe aquilo que você precisa para desenvolver um projeto vencedor não está bem aqui?
  • Pulo do gato – Você não estará sozinho nessa. Procure um professor orientador disponível para lhe oferecer o suporte teórico necessário. Lembre-se: A SH quer ver todos motivados, buscando caminhos de sucesso!

Essas são só algumas dicas que podem ajudar a desenvolver um projeto vencedor, mas não esqueça: O mais importante é você botar sua cabeça pra funcionar, despertar para uma boa idéia, pesquisar, trocar informações, testar e pronto. Meio caminho andado. Encare esse projeto como um grande investimento no seu desenvolvimento profissional. E que seja apenas o primeiro.

Inscreva-se aqui e agora: https://www.sh.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=novo2006&infoid=1976&sid=318
Boa sorte!