Manutenção de Recuperadora de Carvão da Vale, no Espírito Santo, contou com andaimes da SH

Escoramento do contrapeso de equipamentos portuários com o uso de andaime é considerado marco na história da manutenção de equipamentos portuários.

O Terminal Praia Mole (TPM), localizado em Vitória, Espírito Santo, no Complexo de Tubarão,  especializado em operações de descarga de granéis, sobretudo combustíveis sólidos, é o maior terminal desse segmento no Brasil e atende as principais indústrias siderúrgicas do país.

O projeto, realizado em 2015 e conduzido pela Indumep – Indústria Mecânica Paraíso Ltda, tinha como propósito fazer a manutenção da Recuperadora de Carvão RC07, realizando a troca de rótulas do Contrapeso, Jib Frame e Ponta da Lança (estruturas da Recuperadora de Carvão). Foi necessário escorar contrapeso de 290 toneladas e Ponta da Lança com mais 150 toneladas, o que auxiliou tanto no acesso, quanto no escoramento.

Recuperadora de Carvão da Vale

 

Execução dos equipamentos SH:

 Execução Contrapeso:

  • Escoramento para 290 toneladas;
  • Conjunto de 06 torres;
  • Uso de tubos e braçadeiras;
  • Capacidade de 75 toneladas por torre;
  • Utilização de Perfil W300, W200 e C-018 no topo para apoio do macaqueamento;
  • Distribuição de chapa metálica na base para distribuição de cargas no solo;
  • Altura do contrapeso de 23 metros;
  • Total de 72 toneladas de equipamentos mobilizados distribuídos em: Tubo, BR, Perfis W.

 Execução Jib Frame: 

  • Conjunto de 03 torres;
  • Utilização de Modex® SH;
  • Capacidade de 15 toneladas por torre;
  • Utilização de Perfil C-12e C-18;
  • Torres Modex® SH e Perfil C com altura de 10 e 5 metros;
  • Total de 4,9 toneladas de equipamentos mobilizados.

 Execução Ponta da Lança:

  • Escoramento solicitado para 150 toneladas;
  • Conjunto de 03 torres;
  • Uso de tubos e braçadeiras;
  • Capacidade de 50 toneladas por torre;
  • Utilização de Perfil W300, W200 e C-018 no topo para apoio do macaqueamento;
  • Altura da ponta da lança de 11 metros;
  • Total de 18 toneladas de equipamentos Tubo BR e Perfis W mobilizados.

Recuperadora de Carvão da Vale

Um dos maiores desafios para a execução dessa obra foi atender as exigências quanto a memórias de cálculo que eram solicitadas pela Vale para o nosso cliente direto. Devido a grande importância do maquinário da Vale, foi necessário executar todas as atividades dentro de um cronograma bastante restrito.

Recuperadora de Carvão da Vale

“Sem sombra de dúvidas saímos deste grande desafio ainda mais fortes profissionalmente e como empresa. Foi possível mostrar para a Vale e para a Indumep o quanto a Engenharia da SH é forte, e seus equipamentos capazes de solucionar os desafios que surgirem, tais como escorar 300 toneladas à 24m de altura de uma recuperadora de carvão (RC07) . O Suporte Técnico prestado pelos Engenheiros André Santos, Erick Barros e Irene Oliveira, além do Projetista GianCarlo Pina, foi fundamental para o resultado final satisfatório da obra. Tivemos presentes full time em obra, e utilizamos softwares específicos para análise da estrutura, tendo sido pioneiros neste tipo de solução em área portuária. Após o término, fica a sensação de dever cumprido, e o orgulho por ver nos elogios dos clientes a realização do nosso propósito maior: encantar nossos clientes com um atendimento de excelência.  Tenho orgulho pessoal por ter participado desse momento tão especial para a SH.” contou André Santos, Supervisor de Assistência Técnica da Unidade SH Espírito Santo.

Reconhecimento do Cliente:

“A Vale é uma empresa Global que em todas as suas unidades preza pela segurança, tanto é assim que um dos nossos principais valores é “A Vida em Primeiro Lugar”. Partindo dessa premissa, relato aqui o sucesso da Reforma Estrutural da Recuperadora RC07 na qual a SH forneceu o escoramento da lança e contra lança da Recuperadora, no caso dessa última, o escoramento (4 torres de 23 m de altura que sustentaram a caixa de contrapeso) suportou aproximadamente 290 toneladas. Essa façanha foi possível pois, a SH, em conjunto com a Indumep e Vale, desenvolveram, planejaram, calcularam e executaram esse projeto de forma segura. O escoramento do contrapeso de equipamentos portuários com a utilização de andaime é considerado marco na história da manutenção de equipamentos portuários.”

M. S. Eng.ª Civil Warlley Soares Santos – Integridade Estrutural – Porto de Tubarão

 

“Em busca de parceria no mercado, entramos em contato e solicitamos uma visita dos representantes da SH. Os engenheiros Yuri Borgo e André Santos verificaram o tamanho do desafio que teríamos pela frente: escorar o contrapeso da máquina de 290 toneladas e 23m de altura e a parte da lança de 150 toneladas a 12 metros de altura. Para idealizar o projeto, unimos as engenharias da SH e da Indumep, e definimos a forma de escoramento. O projeto do escoramento do contrapeso contempla 6 torres de escoramento, 4 para suportar 300 toneladas e 2 para suportar 60 toneladas. Com o comprometimento de todos os envolvidos o projeto foi colocado em prática, e conseguimos chegar no objetivo final de realizar a substituição das rótulas.’’ 

Warley Moreira Soares – Engenheiro Mecânico Indumep

Colaboradores SH que contribuíram com esse Projeto:

Gerente Unidade SH Espírito Santo: Daniel Goldring
Supervisor Comercial Unidade SH Espírito Santo: Yuri Borgo
Supervisor Assistência Técnica Unidade SH Espírito Santo: André Santos
Supervisora Técnica Unidade SH Espírito Santo: Irene Oliveira
Projetista Unidade SH Espírito Santo: Giancarlo Pina

Quer saber mais sobre as soluções SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Restauração de Igreja no Espirito Santo possui equipamentos SH

Igreja São José do Queimado que estava em ruínas foi reinaugurada no mês passado

 

As centenárias Ruinas da Igreja de São José do Queimado, localizada no Município de Serra, no Espírito Santo, integram um importante monumento da resistência à escravidão no estado. A Igreja, além de revitalizada e restaurada, também será transformada em um local de visitação, uma espécie de museu a céu aberto para registrar e destacar a história local e os artefatos encontrados após escavações arqueológicas realizadas no entorno.

A Igreja de São José do Queimado faz parte do sítio histórico de Queimado, onde aconteceu a revolta dos escravos do Espírito Santo, chamada de Insurreição de Queimado. O movimento foi liderado por Chico Prego, João da Viúva, e Elisário, em março de 1849.

Devido à ação do tempo, as ruínas sofreram danificações em algumas paredes e a torre, e uma estrutura metálica dará sustentação para as paredes que permanecem de pé. A obra está sendo realizada pelo Instituto Modus Vivendi e estão sendo usados os seguintes equipamentos SH: Andaime Fachadeiro  ® SH com Multipiso e Travamento de Tubo, que contribuem para o acesso dos restauradores. A obra, que foi iniciada no início de 2019, teve seu término no dia 19 de março de 2020. Ao todo foram quase 12 toneladas de equipamentos SH na obra.

Colaboradores SH atuantes na Obra:

Gerente da Unidade Espírito Santo: Daniel Goldring
Supervisor Comercial: Arnaldo Oliveira
Supervisor Técnico: Sirlei Oliveira
Supervisor de Logística: Breno Lima
Projetista: Giancarlo Pina
Assistente Comercial: Luiza Cavassana

Quer saber mais sobre as soluções da SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

 

Construção de segundo maior empreendimento Residencial em Vitória possui equipamentos SH

Art The Gallery Residence contará com duas torres com 31 pavimentos cada

O empreendimento Art The Gallery Residence, localizado em um dos bairros mais nobres de Vitória, a Enseada do Suá, é um projeto que une a arte a conceitos de arquitetura, design, paisagismo e decoração, formando uma atmosfera única e inovadora.

O empreendimento residencial contará  com duas torres de 31 pavimentos, com 108 apartamentos, área de lazer e galerias de lojas no pavimento térreo.  As obras, que iniciaram em fevereiro desse ano,  tem previsão para concluir a estrutura em março de 2021.

A Opportunity Fundo de Investimentos Imobiliários é a empresa responsável por esse mega projeto, e conta com soluções SH como: Multiform SH®, Torre de Carga LTT, Perfis Metálicos, Perfis Vazados, Barras, Porcas, Escoras Metálicas e Escoras Lume.

Para os pilares dos elevadores e escadas, está sendo usado o sistema de formas Multiform SH®, formado de Perfis U Laminados, unidos entre si com espanadores, e vigas SH20 fixas com grampos, com capacidade de carga admissível entre 60kn/m² e 90kn/m2.

 “Utilizamos o sistema de formas Multiform SH® e dessa maneira conseguimos otimizar tempo na montagem das formas dos pilares maiores, onde o cliente irá içar com a grua o sistema já montado para esses pilares.”, contou Fabio Souza, Supervisor Comercial da Unidade Espírito Santo.

 O Art The Galery Residence será o segundo empreendimento mais alto de Vitória, com mais de 100 metros de altura, e aproximadamente 30 mil m² de estrutura, em localização estratégica, próximo ao Tribunal de Justiça do Estado, na entrada da terceira ponte que liga Vitória à Vila Velha, sendo também hoje a maior obra residencial do Espírito Santo.

Colaboradores SH atuantes na Obra:

Gerente da Unidade Espírito Santo: Daniel Goldring
Supervisor Comercial: Fabio Souza
Supervisor Técnico: Sirlei Oliveira
Supervisor de Logística: Breno Lima
Projetista: Giancarlo Pina
Assistente Comercial: Luiza Cavassana

Quer saber mais sobre as soluções da SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Obra do hospital infantil de Serra conta com soluções para pé direito alto

O Município de Serra, no Espírito Santo, vai receber um hospital materno infantil até o fim desse ano, segundo a secretaria de saúde. A unidade contará com 120 leitos e maternidade em uma área construída de 15 mil metros quadrados. Além disso, o hospital vai fazer parte do Rede Cegonha, com salas integradas de parto, pré-parto e pós-parto para a garantia de atendimento humanizado às mulheres e aos bebês.

A unidade ficará próxima ao Terminal de Laranjeiras e terá três andares divididos em sete blocos. Segundo o projeto , 60 leitos serão voltados para o público pediátrico e 60 para maternidade, destes, cinco serão Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é que sejam atendidas cerca de 6 mil gestantes por ano no local.

IMG-20161229-WA0030

O consórcio Wlamidan e Envix Engenharia é o responsável pela construção do hospital e conta com soluções da empresa SH no fornecimento de escoramentos e fôrmas para concretagem. Entre os equipamentos locados estão as fôrmas Concreform SH ® e Fôrma Circular. Composto por painéis em chassis de aço galvanizado forrados com compensado plastificado, o Concreform SH ® é leve e ao mesmo tempo rígido, pode ser movimentado manualmente ou com auxílio de grua.

DESAFIO

O Engenheiro André Santos, Supervisor de Assistência Técnica da SH, explica que os equipamentos da empresa ajudaram a vencer o desavio de executar lajes com 2000 m², com pé direito de 4.50 m e espessura de 22 cm. Tudo isso dentro do cronograma estabelecido pelo cliente. Nessas lajes foram utilizados Torres de carga LTT , fôrmas Topec ® SH e cimbramento no escoramento de vigas.

André também destaca o trabalho de escoramento do trecho do auditório, no bloco A. Nesse parte, o pé direito chegou a 14.5 metros, com escoramento de vigas inclinadas com seção de 200 cm x 80 cm e lajes inclinas com 18 cm de espessura. Ao todo, os equipamentos locados chegaram até 221 toneladas.

 20160310_134141

Outros equipamentos aplicados

Torres de carga LTT– Simples, a LTT permite a montagem de torres com modulações de 0,75 X 1,25m a 1,00 X 2,50m para carga de até 12 toneladas em qualquer altura.

Escora Lume – Indicada para obras com cargas altas em alturas entre 4 e 6m e reescoramento em pé direito duplo. Com apenas 22,90kg suporta até 70kN.

Fôrma Circular – Sistema de fôrmas em aço para a execução de pilares circulares com até 3m de altura.

Linhares amplia ponto de captação de água

Boa parte dos estados brasileiros tem enfrentado, já há algum tempo, a chamada crise hídrica. O município de Linhares, localizado ao norte de Espírito Santo, visando minimizar os impactos da crise, recebeu em março, uma estação de captação e distribuição de água para Estação de Tratamento do município. A obra consistiu na construção de um canal para tornar o principal ponto de captação de água de Linhares, no Rio Pequeno, mais eficiente.

20141127_144223

Segundo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Linhares (Saae), a obra teve um investimento de mais de 1 milhão de reais, e multiplicou em seis vezes a capacidade de captação no ponto, com a ajuda de três novas bombas.

A casa de bombas da nova estação de captação foi construída em concreto armado e tem uma área de 84 m2, cercados por muros 2,75 metros de altura para proteção em épocas de cheias. E, na execução dessas paredes a construtora responsável pela obra, Tecvig, fez uso das fôrmas Concreform SH ®. O LTT foi utilizado como escoramento das lajes da casa de bombas.

A obra teve início em outubro de 2014 e foi concluída em março deste ano.

SH nas obras da Rodovia do Contorno – ES

A SH é parceira da Contractor Engenharia Ltda. no atendimento à obra de construção dos viadutos da Rodovia do Contorno, que liga os municípios de Cariacica e Serra, no estado do Espírito Santo.  A obra duplicará do trevo que liga a BR 262 a Rodovia do Contorno, local que já foi cenário de muitos acidentes.

A Contractor Engenharia Ltda. é um cliente novo da SH, sendo este, o primeiro contrato fechado. “A expectativa para essa parceria é a melhor possível, pois estamos conseguindo realizar uma obra que, além da alta visibilidade, requer uma boa capacidade técnica da nossa equipe. Sem dúvidas, visamos a realização de futuras obras”, comenta Cássio Piassi, Supervisor de Contratos baseado na unidade da SH no Espírito Santo responsável pelo atendimento comercial à obra.

No projeto da obra, estão previstos oito viadutos para serem construídos  com o objetivo de viabilizar o tráfego simultâneo de veículos no local. Para isso, estão sendo utilizados sistemas de Torres de Carga LTT® e Perfis C Metálicos.  Até o final da obra, previsto para o fim de 2011, serão utilizados cerca de três jogos de escoramento, totalizando aproximadamente 250 toneladas de equipamento da SH em obra. 

Essa é uma obra de grande projeção para a SH, que não só participa da obra da Rodovia do Contorno, mas de outras obras importantes do atual contexto de desenvolvimento do Estado do Espírito Santo. “Essa obra é importante para mostrar a confiança dos clientes na solidez da SH quando se trata de uma obra de maiores proporções e que, certamente, demanda cálculos mais aprofundados e assistência mais presente. Esse é um dos nossos diferenciais. O cliente entende que não aluga simplesmente um escoramento, mas uma solução completa para sua obra”,  explica Peterson Ribeiro, Engenheiro Pleno da SH.