Edifício em Itu conta com soluções em sistemas de fôrmas

O projeto da Torre INC é considerado inovador

Itu, município de São Paulo, receberá um projeto arquitetônico inédito na região. Trata-se da Torre INC, um edifício comercial de 12 andares que está sendo construído em estrutura metálica, divisórias internas em drywall, e vedações externas em steel frame. A torre possui uma área total de 1600 metros quadrados e contará 20160511_091250_resizedcom estacionamento para até 110 veículos.

Ao todo, serão 92 salas distribuídas em 12 pavimentos, todas projetadas dentro do conceito Open Space, onde cada espaço pode ser montado de acordo com as necessidades da empresa. Cada andar pode ter até 8 salas, sendo 2 salas nas extremidades de 52 metros quadrados e 6 salas de 44,14 metros quadrados cada, com fechamento em Drywall, que permite remover as paredes internas e utilizar o espaço do andar inteiro, que tem área de 368 metros quadrados privativos.

As empresas responsáveis pela execução da obra, INC Incorporação, MFC Participação e Incorporação e Sérgio Sampaio Arquitetura Ltda, contaram com algumas soluções da SH, empresa locadora de fôrmas, andaimes e escoramentos metálicos para a construção civil. Entre as soluções está o Concreform ®SH, sistema de fôrma de concreto composto por painéis em chassis de aço galvanizado forrados com compensado plastificado. O sistema atuou na execução das paredes do núcleo e nos pilares que, apesar de metálicos, contam com um revestimento  de concreto envolvendo-os.

Além dele, o Modex e o Tekko® SH, que também é um sistema de fôrma para concreto, foram utilizados nos escoramentos as vigas inclinadas e nas cortinas da periferia, respectivamente.

 Para saber mais sobre essas e outras soluções da SH, acesse aqui!

 

Construção do primeiro shopping de Várzea Grande, em Cuiabá – MT.

A SH está na construção do primeiro shopping da cidade de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, no Mato Grosso. Contratada pela SPE Shopping Várzea Grande, a empresa fornece Concreform SH® para cortinas e pilares, Topec® SH para as lajes com pé direito normal e Topec®SH mais Torres de Carga LTT para as lajes com pé direito duplo, além de Escadas Modulares para acesso. Essa é uma construção de 110.000m² de laje nervurada, distribuídos em seis pavimentos, sendo dois com pé direito normal e quatro com pé direito duplo. O fornecimento teve início no fim de 2013 e a previsão de término da estrutura é para dezembro. O shopping deverá funcionar no segundo semestre de 2015. “O volume de material em obra é muito alto, acima de 400 toneladas em equipamento. Ajudamos a aumentar a velocidade de execução da obra e reestudamos o planejamento, para minimizar custos e tempo. Certamente, esse contrato está sendo muito importante para a SH”, comenta Igor do Carmo, Engenheiro da SH, responsável pelo atendimento à obra. “Obras de shoppings fazem parte de um segmento que tem crescido muito. Geralmente, temos mais de um ‘dono’ e isso viabiliza futuros contatos”, completa o Engenheiro.

Shopping Várzea Grande Cuibá - MT - BSB - Abril 2014 (5)

Como o primeiro centro comercial de grande estrutura na região, a construção do Várzea Grande Shopping tem grande visibilidade. O grupo de investidores é formado por construtores e administradores de shoppings do Mato Grosso e Goiás, executores de várias outras obras. Há uma grande expectativa em concentrar o consumo em Várzea Grande, alavancando o comércio local e evitando o deslocamento dos consumidores para compras em Cuiabá. São vários postos de trabalho criados, além de ser mais uma grande alternativa de lazer para os moradores da região.

Shopping Várzea Grande Cuibá - MT - BSB - Abril 2014 (4)

Shopping Várzea Grande Cuibá - MT - BSB - Abril 2014 (1)

Shopping Várzea Grande Cuibá - MT - BSB - Abril 2014 (3)

Shopping Várzea Grande Cuibá - MT - BSB - Abril 2014 (2)

Construções residenciais e comercial em área nobre em Ponta Grossa – PR

A SH participa da construção dos edifícios Renoir, Torres Cezanne e Corporate Center, obras realizadas pela Construtora Jonas de Mello Chueire – JMC, a maior construtora em Ponta Grossa – PR.

São duas obras residenciais localizadas em área nobre da cidade: o Edifício Renoir, que prevê a construção de uma torre com 13.000m², com 52 apartamentos médio alto padrão, e o Edifício Torre de Cezanne, que terá duas torres com 100 apartamentos de alto padrão, em aproximadamente 30.000m² de estrutura. “As duas obras são muito bem localizadas, com ampla visibilidade, e são destaque na cidade que está passando por uma expansão, tardia, mas extremamente importante no setor industrial e residencial”, comenta Carlos Moreira, Engenheiro da SH responsável pelo atendimento à obra.

Topec® SH na obra do Edifício Torre de Cezanne

Já o Edifício Corporate Center possui 10.000m², numa região composta por 50 conjuntos comerciais, com 15 pavimentos cada um. “Ponta Grossa sempre foi uma região promissora e desejada, mas com um parâmetro de preços e métodos executivos que dificultavam a nossa atuação na região. Hoje, por atendermos a JMC, considerada a maior construtora da região, temos ampla visibilidade e conquistamos alta confiabilidade do mercado local, que hesitava em sair dos métodos tradicionais”, ressalta o Engenheiro.

Início das obras do empreendimento comercial, Corporate Center.

Para as obras, a SH fornece Topec® SH e o sistema Concreform SH®, chegando a um total de 50 toneladas de equipamento. Ao todo, são fornecidos para três obras, aproximadamente 4000m² de Topec® SH e 160 toneladas de equipamentos SH em obra. “Quando participamos da concorrência comercial da primeira obra, tivemos que vencer alguns desafios. Já tínhamos participado de cotações para outras obras da empresa, em 2009, mas sem fechar. No ínicio desse ano, fechamos o contrato para a obra do Edifício Corporate Center. No mesmo dia da entrega dos materiais, o responsável pela obra entrou em contato conosco, pois nossos equipamentos e o atendimento prestado pela nossa equipe superaram a expectativa dele e o impulsionou a realizar um novo acordo com a SH. Foi decidido, assim, pelo cliente, retirar os equipamentos da concorrente da obra, substituindo-os pelos nossos equipamentos. Pouco tempo depois, além de atender as obras dos edifícios Corporate e o Renoir, começamos a fornecer para o Torre de Cezanne, cuja execução é muito importante para o currículo da JMC. Em área nobre, de alto padrão, a construção é uma vitrine para a eles, perante o mercado local”, conta o Carlos Moreira.

 

Construção do residencial Renoir com equipamentos da SH (1)

As três obras iniciaram em tempos diferentes, mas a previsão de término é para, aproximadamente, julho de 2013. “Procuramos agir com cumplicidade, assumir e cumprir os compromissos, além de nos preocuparmos em fazer o melhor que podemos. Queremos que o cliente tenha resultados acima da média e da expectativa e, desta forma, sejamos, junto com ele, uma referência para o mercado”, conclui Carlos.

Construção do residencial Renoir com equipamentos da SH (2)

Os sistemas de formas da SH revolucionaram nosso processo produtivo e nos aproximou do futuro. As novas tecnologias de fôrma e escoramento, associados a projetos arquitetônicos e estruturais compatíveis, trouxeram grande produtividade ao canteiro de obras, reduzindo prazos e, consequentemente, custos“.

Engenheiro Leandro Marinho.
Construtora JMC

 

Construção do residencial Renoir com equipamentos da SH (3)

SH oferece solução arrojada para o Renaissance Work Center da Construtora Caparaó – MG.

A SH foi uma das empresas fornecedoras da obra do Edifício Renaissance Work Center realizada pela Construtora Caparaó S.A, em Belo Horizonte – MG. O edifício comercial, de 108 metros de altura, é composto por salas com área de 520m², 27 andares corridos, 362 vagas de garagem (14 vagas por pavimento), 8 elevadores, auditório para conferências e palestras com capacidade para 225 pessoas e fachada em vidro a alumínio. “Nós entramos nesta obra apenas para fazer o balanço do 28º pavimento do edifício, porém, nossos sistemas foram essenciais para a execução da obra com êxito”, comenta Fábio Domingos, Projetista da SH.

Para a realização da obra, a SH forneceu Torres de Carga LTT, Perfis Metálicos, Tubos Equipados SH e Treliças SH100. As Torres LTT foram apoiadas sobre as Treliças SH100, que foram travadas com barra de ancoragem na laje do 27º pavimento. “No pico da obra tínhamos mais de 50 toneladas de equipamentos, efetuando apenas o balanço, que se projeta cerca de 9,0m e 5,50m do prédio construído”, comenta Mariza Matos, Engenheira da SH, baseada na unidade de Minas Gerais, responsável pelo atendimento à Caparaó.

Os equipamentos SH corresponderam à solução adotada em obra pela construtora. “Tínhamos inúmeras interferências, o que direcionava para uma solução arrojada. Fomos a única empresa a assumir a solução técnica adotada”, explica Fábio Domingos. “Já trabalhamos em outras obras com esse cliente e essa obra foi mais um envolvimento da SH que gerou um sucesso mútuo”, conclui o Projetista.

Fontes: www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=548564 e www.caparao.com.br

SH em empreendimento comercial da Cyrela no sul do país.

Desde dezembro de 2011, a SH participa da obra do Edíficio Comercial Aschneider Absolut Business (foto, ao lado esquerdo, tirada do site da construtora), uma construção da Goldsztein Cyrela Empreendimentos Imobiliários S/A, em Porto Alegre-RS.  A obra prevê a construção de um edifício comercial com salas de 41 a 65 metros quadrados que podem ser integradas e chegarem até meio andar com 333 m² privativos.

O edifício será composto por uma torre comercial, com área de 3.448,57 m², 14 conjuntos por pavimento com um total de 288 unidades, além de 145 vagas de estacionamento. “Esta obra possui um novo conceito comercial, com um empreendimento moderno, funcional e agradável”, conta Diego Andrade, Supervisor de Contratos da Unidade SH em Porto Alegre.

O novo empreendimento da Cyrela possui boa localização e acessibilidade ao aeroporto e ao centro da cidade, além de estar próximo a um dos centros comerciais da região. “Devido ao porte da obra e à localização, o escoramento chamou atenção de quem o executou e também das pessoas que passavam em frente à construção, inclusive outras empresas do mesmo ramo”, ressalta o Supervisor.

Os equipamentos SH em obra foram essenciais para a construção de uma estrutura de 4,40 metros em balanço de 4,40m, onde foram utilizados Perfis Al-22, C-18, C-7,5, Modex®SH, Tubos e Braçadeiras. “Os nossos equipamentos auxiliaram na execução da estrutura em balanço, onde na etapa final havia uma viga de 0,19×1,04 metros, o que resultava em uma carga consideravelmente grande”, explica Franco Menegat, Projetista da SH. Para a obra, foram elaborados projetos de escoramentos escalados em três níveis, utilizando o Perfil Al 22 duplo como apoio e Modex®SH a cada 50 centímetros para atender a capacidade limite de cada equipamento. “Um dos desafios encontrados pela equipe da SH foi apresentar uma solução técnica para atender uma situação com-plicada como a construção da laje e introduzir ao mercado da construção civil novos equipamentos, tal como o Perfil Al 22”, ressalta Franco.