(Português do Brasil) Construção da ponte sobre o Canal do Trabalhador exige soluções técnicas em escoramento

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil.

(Português do Brasil) Edifício de 1 bilhão de reais na Faria lima, em São Paulo, conta com equipamentos SH.

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil.

(Português do Brasil) A Assistência Técnica da SH é Nota 10!

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil.

(Português do Brasil) SH Participa da Obra do Sistema de Esgotamento Sanitário em Aracaju – SE

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil.

(Português do Brasil) Andaimes e Escoramentos SH auxiliam na construção de Resort em Gramado

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil.

Amazonas ganha Universidade Estadual

Obra da Cidade Universitária tem previsão de término para 2016

A Cidade Universitária, que será campus da UEA (Universidade Estadual do Amazonas), está sendo construída em Iranduba, município que fica a 25 quilômetros de Manaus- AM. A instituição promete ser um marco para o desenvolvimento socioeconômico da região, atendendo inicialmente, duas mil pessoas. 20% da obra já foram concluídos, estando a obra na fase estrutural.

O complexo terá cinco escolas de formação superior: de Ciências e Saúde, Ciências Sociais, Tecnologia, Artes e Turismo e Normal Superior. Além delas, haverá os órgãos centrais e administrativos como a Reitoria e Pós-reitoria, restaurante e alojamento. Segundo a Seinfra, as etapas de edificações da Cidade Universitária terá um investimento de quase R$ 82 milhões.

20141201_155509

O prédio da Reitoria é composto por três pavimentos, ao todo, serão 15.972,59m². O térreo terá área de circulação, elevadores e escadas, sanitários, copa, áreas de convivência e salas técnicas e administrativas. O primeiro pavimento terá uma área de 5.647,07 m², enquanto o segundo e último pavimento terá 5.066,47 m² de área construída.

O Refeitório da Cidade Universitária prevê a construção de dois pavimentos, com área total de 2.138,18m². O restaurante terá capacidade para atender 2.000 refeições/dia, com lotação para até 450 pessoas.

uea1

Para a montagem das lajes e vigas do prédio da reitoria e do restaurante, a Edec Engenharia, empresa responsável pela execução das obras, está utilizando a fôrma TOPEC®SH. O sistema é formado por duas peças básicas – painéis industrializados de alumínio e escoras metálicas, que são montados sem a necessidade de ferramenta especial nem de mão de obra especializada.

20141202_142245

Para saber mais sobre o TOPEC®SH e sua utilização,  acesse AQUI

Paraíba investe em ampliação do sistema de abastecimento de água

O Governo do Estado da Paraíba investe, através da Cagepa (Companhia de Água e Esgoto da Paraíba), cerca de R$125 milhões no sistema adutor Translitorânea II etapa. Uma obra que prevê a ampliação do sistema de abastecimento de água da região metropolitana de João Pessoa-PB. Estima-se que a segunda etapa da obra vai beneficiar quase 1,5 milhões de paraibanos que moram nos municípios de Alhandra, Conde, Cupissura, além da região metropolitana de João Pessoa.

 
IMG_0588 (2304 x 1728)

A construtora responsável pela obra, Encalso Construções, está trabalhando na construção de 11 km de adutoras, barragem, estações elevatórias e reservatórios. A II etapa prevê a construção de uma barragem de acumulação com capacidade de 9,5 milhões de m³ e 11 km de adutora que prometem garantir água para a cidade de Alhandra, em uma vazão de 50 litros por segundo. Outros 550 litros por segundo serão liberados para estação de tratamento de água, que serão somados ao sistema de abastecimento como um todo.

Localizado no litoral sul da Paraíba, o sistema compreende a captação em três pequenas barragens nos rios Cupissura, Taberus, Tapocas e Abiaí. As adutoras desses rios irão se convergir para um reservatório com duas câmaras com capacidade de 5 mil m³ de água. Essas câmaras são ligadas à estação elevatória e, a partir daí, a água segue em recalque até uma estrutura chamada stand pipe, para assim, seguirem por gravidade até a estação de tratamento.

IMG_0570 (1728 x 2304)

Para a confecção dos blocos de ancoragem a SH forneceu fôrmas Concreform SH® e o sistema Concreform Circular para a construção do stand pipe. Além das fôrmas, o Modex SH ® foi utilizado como estrutura de acesso e para escoramento da tampa do stand pipe.

Cláudia Alves, supervisora do contrato da SH com a Encalso Construções, conta qual foi o maior desafio encontrado na obra. “A solução para a construção das paredes do stand pipe nos exigiu optar por uma alternativa criativa e ao mesmo tempo simples. Uma estrutura circular de 27 metros que resistisse às forças atuantes, devido ao concreto do tipo autodensável. Para isso, usamos o Concreform SH ® em conjunto com o Modex SH® que, no primeiro momento, foi utilizado como acesso e em seguida, tornou-se parte do escoramento da estrutura”, contou.

A obra foi iniciada em janeiro deste ano e a previsão de conclusão é 2017.

Mais moradia em Porto Velho

Lumiform SH® é destaque em construção do Residencial Porto Madero

A fim de atender as demandas de habitação social em Porto Velho, capital de Rondônia, a CasAAlta Construções está construindo o Residencial Porto Madero, um condomínio que será o lar de 2746 famílias.

DSC01212 (2072 x 1164)

São 171 prédios com quatro pavimentos construídos em parede de concreto, com o uso da fôrma Lumiform SH®. O sistema já vem com vãos para janelas e portas, além de solução técnica para embutir as instalações elétricas e hidráulicas. Os painéis são montados sem necessidade de mão-de-obra especializada, o que reduz o custo do cliente.

A utilização da tecnologia de fôrmas para concretagem está tornando possível o desafio da construtora: erguer a estrutura do residencial em apenas 10 meses. Já que, com o uso do Lumiform SH®, a CasAAlta está construindo um prédio com 16 unidades de 42,57 m² em apenas 8 dias.

O Lumiform SH® desempenha uma função estrutural e de vedação, simultaneamente, atende às normas de desempenho NBR 15575 (quanto às especificações térmicas e acústicas), sem contar com a diminuição do desperdício de materiais e geração de entulho.

Thiago Donadon, engenheiro responsável pela obra da CasAAlta, conta como o sistema viabiliza a construção das torres. “Não é a primeira vez que trabalho com as fôrmas da SH. A tecnologia utilizada na construção do Residencial Porto Madero, Lumiform SH®, facilitou o processo executivo e a segurança da obra”.

A construção do Residencial Porto Madero começou em 2013 e a previsão de término é para este ano.

G0010614 (1500 x 844)