Como reduzir os custos adicionais no aluguel de equipamentos para construção civil?

Você sabia que os custos totais da obra podem sofrer grande impacto com indenizações, e que há maneiras para economizar com isso? Separamos boa práticas para auxiliar você. Confira!

Ao dar início à sua obra, o planejamento de custos é um dos tópicos que mais devem demandar atenção e esforços da equipe de gerenciamento. Isso porque é ele que vai guiar a escolha acertada da estrutura (como fôrma metálica, escora metálica, método construtivo, …) para sua obra, além de contribuir para a redução de possíveis perdas e danos durante a empreitada.

É muito importante que, na hora de alugar fôrmas ou escoramentos ou avaliar a locação de andaimes, por exemplo, o responsável pela obra entenda que,  esses equipamentos podem sofrer danos – alguns irreparáveis – ocasionando custos-surpresa que pesam no orçamento geral da obra.

Aluguel de equipamentos para construção civil – As boas práticas da SH

Não importa se para a sua obra o aluguel de andaimes é primordial, ou se é o aluguel de escoras que faz mais sentido (talvez os dois):qualquer equipamento pode sofrer avarias ou ser perdido, aumentando assim os custos no final da empreitada. E ninguém gosta desse tipo de surpresa, não é verdade?

Pensando nesse desafio, que tantos clientes enfrentam todos os dias em suas obras, A SH decidiu agir: o objetivo é fazer com que o custo-benefício do projeto seja positivo para cliente e fornecedor, minimizando desvios eventuais. Estudos comprovam que esses desvios podem ser bastante expressivos, e significar prejuízo no resultado final da obra, mas é possível evitá-los ou minimiza-los através de algumas práticas simples:

O que se deve evitar para cortar custos com indenização:

  • Desorganização: o armazenamento dos equipamentos locados para a construção é muito importante. Mantenha o ambiente organizado – Reserve um local no canteiro para acondicionamento das peças;
  • Mau uso: a má utilização do material poderá comprometer os resultados da obra e até a integridade dos equipamentos e das pessoas envolvidas – treine sua equipe para evitar riscos desnecessários ;
  • Desatenção / Falta de cuidado: os equipamentos, sobretudo as peças menores, podem acabar se misturando ao barro ou aos materiais que serão descartados ou devolvidos à outros fornecedores;

Algumas boas práticas que auxiliam na gestão da obra:

  • Mantenha os equipamentos separados por tipo;
  • Peça à SH orientações sobre a melhor forma de acondicionar ou agrupar os equipamentos;
  • Utilize o serviço de descarga mecanizada da SH;

Lembre-se que: quanto melhor o uso feito dos equipamentos locados para as suas obras, menores as chances de haver cobrança com peças perdidas ou danificadas. Assim, o resultado ficará mais aderente ao planejamento da obra, sem sustos e sem que o fornecedor precise providenciar a reposição de seus estoques. Todo mundo ganha!

No SH App você encontra várias outras dicas. Quer saber mais? Acesse aqui nosso vídeo-depoimento sobre as Melhores Práticas em Obra para reduzir custos de indenização. Nele, você assiste a um depoimento real de um cliente com os mesmos desafios que você provavelmente tem no canteiro de obra, e que conseguiu ótimos resultados seguindo nossas dicas. Não deixe de assistir!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *