SH, parabéns pelos 51 anos de história!

Hoje, dia 1º de Outubro, a SH completa 51 anos de história. A trajetória da SH começa quatro anos antes de sua fundação, quando a “futura empresa” ainda era um departamento da Quartzolit, responsável pelo fornecimento de andaimes suspensos para aplicação das argamassas e dos rebocos da empresa. Em 1969, a excelência nos serviços de locação desses equipamentos levou a fundação da Servicon – Serviços de Construção S/A que, pioneiramente, introduziu no Brasil as formas para concreto em aço e alumínio, em substituição as formas de madeira (retirada diretamente da mata brasileira e que após quatro reutilizações, servem apenas como lenha), e contribuiu significativamente para o início da industrialização das obras brasileiras.

Enquanto difundia as formas metálicas no Brasil e consolidava sua participação neste segmento, os engenheiros da Servicon pesquisavam nos maiores centros de construção civil do mundo, novas técnicas e materiais que lhe permitissem oferecer serviços diferenciados ao mercado nacional. O resultado concreto deste trabalho veio em 1976, por meio da parceria com a empresa alemã Hünnebeck, líder mundial em formas, e a união das duas marcas numa única denominação social, Servicon-Hünnebeck®, que, posteriormente, foi abreviada para apenas SH. A empresa incorporou sua experiência na indústria de construção civil brasileira e seu alto padrão de atendimento à sofisticada tecnologia alemã.

Ao mesmo tempo, passou a desenvolver seus próprios equipamentos inspirados no modelo alemão, porém perfeitamente adequados ao mercado nacional. O resultado foi o contínuo lançamento de sistemas produzidos em sua unidade fabril, no Rio de Janeiro, e reconhecidos pelos mercados da construção civil e industrial, por sua alta eficiência.

Em 2015, a primeira unidade fora do Brasil foi inaugurada e, a região escolhida foi Bogotá, na Colômbia. Em 2017, em continuidade ao processo de expansão, foi inaugurada a SH Paraguai, sediada em Assunção, capital Paraguaia.

Nesses 51 anos, construímos uma história baseada na valorização de pessoas, no compromisso com qualidade, segurança e transparência, através de soluções modernas e engenharia de primeira. Obrigado por fazer parte da nossa trajetória.

Obra no Parque Olímpico conta com soluções de acesso

Hotel de Mídia é erguido em estrutura metálica e utiliza equipamentos da SH

Entre os muitos investimentos que estão sendo feitos para a Olimpíada e Paralimpíada na cidade do Rio de Janeiro, está o Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da Cidade. Com uma área de 1,18 milhão de metros quadrados, o lugar é considerado o coração dos Jogos, já que será palco das competições de 16 modalidades olímpicas e nove paralímpicas.

Além de toda estrutura para os jogos, o parque conta com o Hotel de Mídia que vai hospedar parte da mídia credenciada dos Jogos Rio 2016 e também o pessoal de Serviço de Transmissão Olímpica (OBS). O hotel tem padrão quatro estrelas, com 404 quartos distribuídos em uma área total construída de aproximadamente 29 mil metros quadrados.

hotel de midia

O Hotel de Mídia foi construído todo em estrutura metálica. Para execução do projeto, o consórcio Parque da Lagoa Desenvolvimento Imobiliário, responsável pela obra, contou com duas escadas Modex de 80 metros cada e andaimes Modex de diferentes modulações.

A supervisora de contratos da SH, Mônica Reis, conta que, devido à grande incidência de vento no local da obra, a SH elaborou travas especiais para fixação do piso metálico nos andaimes, aumentando a segurança dos operários.

Segundo a Prefeitura, o Parque Olímpico será o local do principal legado esportivo dos Jogos Rio 2016: o Centro Olímpico de Treinamento (COT), voltado para atletas de alto rendimento.

Saiba mais sobre os equipamentos da SH nessa obra:

Modex® SH: Por suas características, o Modex® SH é capaz de vencer qualquer desafio de altura e modulação, com extraordinária rapidez de montagem. Composto por torres com travessas e diagonais unidas por rosetas e modulação a cada 50cm, o Modex® SH pode ser montado em qualquer dimensão e duas travessas fixadas em qualquer direção. Sua versatilidade permite a montagem da torre em formas circulares e poligonais, e sua utilização em qualquer modulação facilita a distribuição de carga.

O sistema de encaixes das travessas e diagonais confere ao conjunto estabilidade e absoluta segurança, permitindo também que a torre seja montada na horizontal e içada por grua até o seu posicionamento final.

Escada Modular Modex:escada-modular-modex-site

Linha 4 do Metrô conta com soluções especiais em escoramentos

O projeto envolveu contenção de água e escoramentos invertidos

DESAFIO
Com o objetivo de reestruturar o sistema de transporte das regiões Sul e Oeste do Rio de Janeiro, desde 2013, a Cidade do Rio passa por obras de ampliação dos serviços metroviários das regiões. Com isso, a Linha 4 do Metrô deverá transportar aproximadamente 300 mil pessoas por dia. Serão seis novas estações: Nossa Senhora da Paz, em Ipanema; Jardim de Alah e Antero de Quental, no Leblon; Gávea; São Conrado e Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca. O custo total do projeto é de R$ 8,5 bilhões.

IMG_8710 (3024 x 2268)

A obra está sendo executada pela Concessionária Rio Barra que é formada por dois outros consórcios. O trecho Oeste, entre o Jardim Oceânico e a Gávea que somam quase 12km, está sendo construído pelo consórcio Construtor Rio Barra formado pelas empresas Odebrecht Infraestrutura, Carioca Engenharia, Cowan e Servix. Já as obras entre Ipanema e Gávea, na Zona Sul da cidade estão sendo feitas pelo consórcio Linha 4 Sul composto pelas empresas Odebrecht Infraestrutura (líder), Carioca Engenharia e Queiroz Galvão. Nesse trecho foi utilizado o Tunnel Boring Machine, conhecido como Tatuzão. Fabricado pela Herrenknecht, é o maior desse tipo já trazido para o Brasil. Medindo 11,46 m de diâmetro, equivalente a um prédio de quatro andares, com 120 metros de comprimento e pesando 2 mil toneladas.

SOLUÇÃO

Um dos equipamentos utilizados na obra é o Concreform ® SH, o sistema de fôrmas garantiu a execução das paredes dos túneis e permite a redução de até 70% da mão-de-obra necessária para montagem e desmontagem da fôrma. Além dele, a concessionária conta com as soluções do Tekko® SH e o Multiform SH® que atuam na contenção das águas do lençol freático. Para o acesso, as escadas modulares Modex SH® oferecem segurança para fluxo de pessoal da obra.

IMG_8131 (2448 x 1836)

Jaime Castro, supervisor da assistência técnica da SH, conta como a solução da SH atuou em uma importante fase da obra: “Considerando a instabilidade do solo, uma grande área foi submersa com água para dar continuidade a passagem do TBM (Tatuzão). Para garantir que a água não vencesse os limites da área, a SH forneceu escoramentos com Multiform SH® para as paredes de contenção. Foi um grande desafio uma vez que não poderia ter erros, tínhamos uma grande carga atuando sobre nossos equipamentos. O evento ocorreu e usamos toda engenharia na solução e no acompanhamento in loco”, comemorou Jaime.

No fechamento dos nichos, outro desafio: escorar lajes pesadas com espessura maior que 1m sem que as operações fossem interrompidas. Para isso o engenheiro de projeto da SH, Vitor Antunes, elaborou um projeto de escoramento invertido com os equipamentos SH 200 e Perfil W.

cute_b_proveto

A SH atuou também no fornecimento do SH 200, Tubos e Braçadeira, para passarela sobre o canal do Jardim de Alah, o Concreform® SH para regularização das paredes de contorno da estação. Além do travamento das cambotas das paredes de exaustão, com o SH 20.

SH fornece soluções para construção da Vila dos Atletas

Ilha Pura abrigará os atletas olímpicos durante as competições.

16160260740_5fd17258df_c

Em 2016, os Jogos Olímpicos serão realizados pela primeira vez no Brasil. Além de turistas, a cidade se prepara para receber mais de 17 mil membros de delegações esportivas de vários países. Os preparativos para o evento têm mobilizado toda a cidade, como a obra da Vila dos Atletas.

DESAFIO

A vila, batizada Ilha Pura, é um complexoresidencial de 31 prédios de 17 pavimentos cada, divididos em sete condomínios, totalizando 3604 apartamentos de dois, três e quatro quartos no total, que abrigará os atletas durante as competições. O terreno, que tem cerca de 800 mil m², fica na Barra da Tijuca, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro.

Contratada pela Odebrecht Realizações Imobiliárias, a SH participou da obra fornecendo soluções nas fôrmas para as estruturas e escoramentos.  Para isso, foi utilizada as fôrmas Concreform SH ®  e TEKKO ® SH, além do Escoramento Topec ®  SH, Torres LTT, Perfis C7,5/C12/C18/AL22 e perfis W310 para vencer vãos entre varandas.

SOLUÇÃO

André Marques, Assistente Técnico da SH na obra, conta que as soluções da empresa foram importantes. “Atuamos diretamente no planejamento e cronograma da obra dando sugestões ao cliente para que se cumprisse seu cronograma de concretagem e orientando no remanejamento dos equipamentos para os trechos”.

A obra foi iniciada em junho de 2013 e a parte estrutural finalizada em dezembro de 2014. Agora, está em andamento a parte de acabamentos. O Ilha Pura ficará para o Rio de Janeiro como um grande bairro construído com mega estrutura onde os apartamentos serão vendidos no mercado imobiliário através da Carvalho Hosken.

Além da Vila dos Atletas, a SH ajuda e ajudou a construir outros legados para a Cidade. A Transolímpica, a Transcarioca, o Parque Olímpico da Barra da Tijuca e o Complexo de Deodoro.

Saiba mais sobre as soluções da SH aplicadas nessa obra:

Torre de Carga LTT
Simples, a LTT permite a montagem de torres com modulações de 0,75 X 1,25m a 1,00 X 2,50m para carga de até 12 toneladas em qualquer altura. Carga admissível: cada poste da torre suporta até 3 toneladas.

Concreform SH®
Sistema composto por painéis em chassis de aço galvanizado forrados com compensado plastificado, conectados com apenas três grampos que os unem e alinham simultaneamente, dispensando perfis extras. Leve e ao mesmo tempo rígido, pode ser movimentado manualmente ou com auxílio de grua.
Extremamente fácil de manusear, o Concreform SH ®  permite a redução de até 70% da mão-de-obra necessária para montagem e desmontagem da fôrma.

Tekko ®
Sistema de formas para concreto composto por painéis em chassis de aço forrados com compensado plastificado, que são acoplados com clips alinhados com perfis ou tubos metálicos.
Indicado para obras residenciais, comerciais, industriais, saneamento, canais, barragens, reservatórios, entre outros.

Estimativa de Mão-de-Obra: 0,50hh/m²

Carga admissível: 40kN/M²

Compensado: 12mm

 

SH trabalha em tempo recorde em complexo para o Rio 2016

As obras têm prazos apertados e elevada quantidade de equipamentos precisaria ser mobilizada 

Agilidade na execução dos projetos e rápida mobilização dos equipamentos em canteiro foram requisitos para a SH realizar obras no Complexo Esportivo de Deodoro, no Rio de Janeiro, local onde serão disputadas 11 modalidades olímpicas e quatro paraolímpicas no Rio 2016. Coordenadas pela RioUrbe e Empresa Olímpica Municipal (EOM), as obras são realizadas com recursos da ordem de R$ 800,8 milhões feitos pelo Ministério  do Esporte.

072 (2736 x 2052)

Como o local já sediou os Jogos Panamericanos de 2007 e os Jogos Mundiais Militares de 2011, dispõe de 60% da estrutura permanente construída. Em 2016 serão disputadas as modalidades olímpicas de hipismo saltos, hipismo adestramento, concurso completo de equitação, BMX, mountain bike, pentatlo moderno, tiro esportivo, canoagem slalom, hóquei sobre grama, rúgbi e basquete. As paraolímpicas serão tiro esportivo, futebol de 7, hipismo e esgrima.

O circuito para canoagem slalom e do BMX estão em construção, assim como a Arena Deodoro e duas estruturas para as competições de mountain bike e rúgbi/combinado de pentatlo moderno. As obras serão realizadas pelo consórcio Complexo Deodoro, liderado pela construtora Queiroz Galvão S/A.

DESAFIO

Para construir essas instalações, o consórcio contratante necessitava de soluções como fôrmas, escoramentos e andaimes full time e dentro do cronograma estabelecido, além de know how para elaboração de projetos e assistência técnica completa. “A obra iniciou em fevereiro de 2014 e os equipamentos da SH devem ser utilizados até março de 2016”, informa o gerente comercial da SH, Silvio Lira.

“A execução dos projetos deveria ser realizada em prazos apertados e uma elevada quantidade de equipamentos precisaria ser mobilizada em tempo recorde, para serem utilizados nas obras. Para se ter ideia da dimensão, a Arena Deodoro terá capacidade para 5 mil lugares, estrutura para competição de montain bike capaz de acomodar 25 mil lugares, circuito de canoagem e slalom para 8.500 pessoas”, completa Silvio.

SOLUÇÃO

A SH forneceu formas, Concreform e Tekko, a075 (2736 x 2052)ndaimes modex e torres de cargas LTT para fazerem o escoramento. Instalados com mão de obra própria, os produtos permitiram melhora no acabamento e ganho de produtividade, além de ótimo custo benefício. “Utilizamos equipamentos com alta capacidade para suportar cargas, de aplicação prática e sem necessidade da obra dispor de mão de obra especializada”, explica Silvio.

A logística adotada pela equipe da SH foi eficiente, em função de várias frentes de trabalho sendo executadas, gerando elevada movimentação de cargas em curto prazo.

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Concreform SH®: sistema composto por painéis em chassis de aço galvanizado forrados com compensado plastificado, conectados com apenas três grampos que os unem e alinham simultaneamente, dispensando perfis extras. Leve e ao mesmo tempo rígido, pode ser movimentado manualmente ou com auxílio de grua. Extremamente fácil de manusear, o Concreform SH® permite a redução de até 70% da mão-de-obra necessária para montagem e desmontagem da fôrma.

Tekko SH®: é uma fôrma aplicada em obras residenciais, comerciais, industriais, saneamento, canais, barragens, reservatórios e outros. Seu sistema é composto por painéis em chassis de aço forrados com compensado plastificado, que são acoplados com clipps e alinhados com perfis ou tubos metálicos. Suporta cargas de 40 kN por m². O compensando tem 12 mm. O equipamento está disponível em três tamanhos: 60 x 120 metros; 90 x 120 metros e 60 x 150 metros.

Modex® SH: Composto por torres com travessas e diagonais unidas por rosetas e modulação a cada 50cm, o Modex® SH pode ser montado em qualquer dimensão e duas travessas fixadas em qualquer direção. Sua versatilidade permite a montagem da torre em formas circulares e poligonais, e sua utilização em qualquer modulação facilita a distribuição de carga. O sistema de encaixes das travessas e diagonais confere ao conjunto estabilidade e absoluta segurança. Aplicado em escoramentos, andaimes de fachadas, arquibancadas.

Torres de Carga LTT: Utilizada em obras industriais, comerciais, residenciais, de pontes e de viadutos. Já a LTT Extra é mais voltada para infraestrutura. O LTT suporta 3,00 toneladas por poste e o LTT de 6 toneladas. São compostos por Cruzeta, Base Regulável, Corneta, Forcado Regulável e Quadro. O acoplamento entre esses cinco componentes permite a montagem de torres modulares.