Empreendimento imobiliário em Florianópolis é construído com formas e andaimes SH

Obra possui sistema de formas para obras em parede de concreto, fabricado pela SH Indústria no Rio de Janeiro, e andaime Fachadeiro SH locado na Unidade SH do Paraná

O empreendimento residencial estudantil Unipoint Carvoeira, localizado em Florianópolis (Santa Catarina), e próximo à Universidade Federal de Santa Catarina, está sendo erguido com soluções combinadas da SH, parte com fornecimento locado da Unidade SH Formas Andaimes e Escoramentos mais próxima, e os jogos de forma para parede de concreto adquiridos da SH Indústria. O projeto é uma obra da Unipoint Empreendimentos Imobiliários e abrange a construção de moradias estudantis com ambientes compartilhados para oferecer mais conforto e qualidade de vida para os estudantes.

Além do Lumiform SH®, sistema de formas e complementos para construção em paredes de concreto, também está sendo utilizado o Andaime Fachadeiro® SH, aplicados da seguinte forma:

Lumiform SH®: concretagem das paredes do prédio;
Andaime Fachadeiro® SH: utilizados para proteção de periferia, montagem e desmontagem das formas e proteção da equipe de montadores.

‘’Um dos maiores desafios dessa obra foi ajudar a encontrar a melhor composição das formas para reduzir o quantitativo de material a ser comprado e alocado, além de ajustes para tornar a execução da obra ainda mais produtiva. ’’ explicou Daniel Leopoldo, Supervisor Comercial da SH Indústria.

Para a SH foi bastante importante atuar nessa obra. Diante do conhecimento da equipe técnica da SH Indústria, foi identificada a necessidade do projeto do cliente e a SH ofereceu a melhor solução. Após contratação, foi iniciado o processo de fabricação e montagem das formas na fábrica no Rio de Janeiro.

‘’Após a concepção dos projetos com as formas das paredes, iniciamos o estudo do posicionamento dos andaimes que auxiliaram na montagem e posicionamento das formas. O desafio neste projeto foi o apoio do andaime, ode foi necessário locar alguns postes rochas ou em perfis em balanço’’, contou Carla Gebur, Supervisora de Projetos da SH Paraná.

Um dos processos realizados pela SH é a vistoria da forma, momento em que os representantes da empresa compradora veem o sistema de formas montado, e validam as medidas de vãos, suas dimensões e os detalhes de tudo que foi produzido. Dessa forma o cliente pode verificar pessoalmente se a forma está exatamente de acordo com o projeto, e caso possua algum desvio, o mesmo é corrigido antes do equipamento ser enviado para a obra.

Já com os equipamentos em obra, iniciamos o processo de Assistência Técnica SH Indústria, e nesse caso foi acompanhado por Janilson Rodrigues. A Assistência Técnica atuou na obra com o objetivo de acompanhar todo o processo de montagem do sistema LumiformSH®, bem como realizar o treinamento de conservação do equipamento e as boas práticas para utilização do sistema da melhor maneira. A SH valoriza esse bom relacionamento com o cliente, mantendo o contato ao longo do ciclo da obra e mesmo depois de finalizada a visita do Assistente Técnico Janilson Rodrigues, seguindo a comunicação por troca de mensagens e ligações.

A obra, que teve início em janeiro de 2020, tem previsão de término em junho de 2020.

Um grande diferencial da SH, para obras em parede de concreto, é a possibilidade de mesclar a venda da forma de alumínio, com locação de formas de ação, para realização da área comum (salão de festas, piscina, área da churrasqueira) e até mesmo para platibanda, sendo muito comum em obras de torres altas com poucas repetições. Assim, o cliente consegue economizar a não adquirir materiais que não serão tão utilizados. Outro produto que pode ser locado é o andaime para proteção da periferia, outra opção que permite maior flexibilidade nas tomadas de decisão, buscando os melhores resultados para as empreitadas.

Colaboradores SH que contribuíram com esse Projeto:

Supervisor Comercial SH Indústria: Daniel Leopoldo
Supervisor Comercial SH Paraná: Franco Menegat
Assistente Técnico: Janilson Rodrigues
Supervisora de Projetos: Carla Gebur
Projetistas: Louysse Piton e Vanessa Galo

Quer saber mais sobre as soluções da SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Desplacamento de cerâmica para parede de concreto: veja como evitar

Confira o que causa essa patologia e conheça dicas de como evitá-la!

Como o Brasil é um dos grandes consumidores de revestimentos cerâmicos do mundo, e podemos analisar uma amostragem maior de patologias oriundos desse tipo de material. Nosso país consome bastante os revestimentos cerâmicos, e há no mercado uma quantidade enorme de tipos que são caracterizados de acordo com a resistência, qualidade e durabilidade.

Escolher o material certo para cada tipo de solução é um desafio para as construtoras, ainda mais quando se trata de construções de habitações de baixa renda em sua maioria.  A má escolha aliada, ou não necessariamente, com o mau assentamento pode vir a ser um problema futuro no que se diz respeito ao desplacamento das peças.

O desplacamento de revestimento cerâmico na construção civil é considerado uma das patologias mais comuns e mais sérias. Geralmente, podem ser observadas quando a adesão entre os elementos do sistema não ocorre como o necessário, nesse caso, entre as placas cerâmicas, a argamassa e a parede. Como em outros aspectos construtivos essa patologia pode estar relacionada a um ou mais tipos de causas, segundo Bento (2010), provocadas por mais de uma variável. Veja abaixo o que fazer para evitar esse problema nessa tipologia de construção:

Preparo para a Aplicação:

Para a correta aplicação das cerâmicas, a fim de eliminar o risco de desplacamento, devem ser seguidas as seguintes orientações, tanto na superfície quanto no revestimento cerâmico e no preparo da argamassa.

Parede (Base):

A parede que irá receber os revestimentos cerâmicos deve estar com as seguintes características:

  • Limpa;
  • Livre de qualquer material estranho (poeira, óleo, tintas, etc);
  • Sem qualquer composição que possa impedir a boa aderência da argamassa;
  • Alinhada em todas as direções, já que a espessura da argamassa não é suficiente para alinhar a parede;

OBS: O desvio de planicidade da parede não pode ser superior a 3 mm a cada 2 metros medidos horizontalmente e verticalmente.

Na base, é preciso ter uma atenção especial antes da concretagem da parede. No momento da montagem das formas, ao aplicar o desmoldante o montador não pode aplicar quantidade exagerada do produto para mais nem para menos. Na SH orientamos que o valor médio de uso para essa aplicação seja de 130 ml por metro quadrado de forma (130ml/m²).

Revestimento Cerâmico:

As placas cerâmicas devem estar com as seguintes características:

  • Limpas;
  • Livres de qualquer material estranho (poeira, englobe pulverentos, partículas soltas, etc);
  • Sem qualquer composição que possa impedir a boa aderência da argamassa.

As placas cerâmicas só devem ser desembaladas momentos antes da sua utilização. Não retirar da embalagem e não deixar nas intemperes é uma providência importante para o bom adensamento da placa na sua base, nesse caso, a parede de concreto moldada in loco.

Argamassa Colante:

O preparo da argamassa colante deve cumprir às seguintes características:

  • Usar a quantidade de água indicada pelo fornecedor na mistura;
  • Misturar a argamassa até obter uma argamassa pastosa e aderente, sem grumos;
  • Para aplicar aditivos os fornecedores indicam o tempo em que a argamassa precisa ficar em repouso até ser novamente reamassada;
  • Usar a argamassa somente até duas horas e meia após o preparo. Depois desse tempo, descartar a argamassa;
  • O preparo deve ser feito em um ambiente protegido do sol, da chuva e do vento.

Para uma boa aderência das placas cerâmicas é indicado examinar em qual ambiente o revestimento cerâmico estará, e a quais intempéries. Há no mercado vários tipos com diferentes características mecânicas e químicas, cada um para uma aplicação diferente. Compre a argamassa colante certa e com qualidade. O custo do retrabalho é maior do que o investimento inicial em um produto de qualidade e para o ambiente adequado.

Como funciona a aplicação:

Após seguir as orientações no preparo da base, da peça cerâmica e na preparação da argamassa, é preciso seguir os passos abaixo no momento da aplicação:

Estrutura:

  • Garantir que as instalações elétricas e hidráulicas estejam devidamente posicionadas e funcionais de acordo com o projeto;
  • Garantir que a limpeza da base esteja de acordo com as orientações informadas no preparo para aplicação;
  • Garantir que janelas e portas já estejam instaladas na unidade habitacional;
  • Garantir que tenha no mínimo 21 dias após a concretagem, sendo desejáveis 28 dias;
  • Garantir que as paredes estejam alinhadas e no prumo de acordo com as orientações informadas no preparo para aplicação;

Peça cerâmica:

  • Usar peças de guia para o assentamento de todas as cerâmicas no cômodo. Para isso será necessário esticar uma linha entre as peças que devem ser posicionadas nas extremidades da parede a ser assentada, conforme imagem abaixo;
Fonte: NBR 13754
Fonte: NBR 13754
  • Garantir que as peças guias estejam no mesmo nível e no prumo;
  • Emassar um metro quadrado (1m²) na base aplicando a argamassa colante com a parte lisa da desempenadeira, e após, passar novamente a desempenadeira com a parte dentada;
  • Aplicar a argamassa colante na peça cerâmica primeiro com a parte lisa da desempenadeira, e após, utilizar a parte dentada, conforme a orientação acima. Porém, no momento da colagem, o traçado da massa na peça deve estar perpendicular ao traçado da base, garantindo assim uma dupla colagem com traçado amarrado;
Foto do próprio autor - Desplacamento causado por falta da dupla colagem
Foto do próprio autor – Desplacamento causado por falta da dupla colagem
  • Nunca utilizar a argamassa vencida, de acordo com as orientações informadas no preparo para aplicação;
Argamassa Vencida
  • Seguir o preparado da massa de acordo com o informado pelo fabricante;
  • Usar a desempenadeira correta para a dimensão da placa cerâmica;
Fonte: NBR 13754
Fonte: NBR 13754

Dessa forma, quando utilizado os critérios da norma NBR 13754 aliados ao preparo e seguindo os passos de aplicação, o resultado tende a ser satisfatório, amenizando e eliminando o risco de desplacamento, que é um problema que acontece em todos os sistemas construtivos.

Contribuição Técnica:

Thiago Fraga, Supervisor Técnico da SH Indústria.

Quer saber mais sobre como evitar essa e outras patologias? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Restauração de Igreja no Espirito Santo possui equipamentos SH

Igreja São José do Queimado que estava em ruínas foi reinaugurada no mês passado

 

As centenárias Ruinas da Igreja de São José do Queimado, localizada no Município de Serra, no Espírito Santo, integram um importante monumento da resistência à escravidão no estado. A Igreja, além de revitalizada e restaurada, também será transformada em um local de visitação, uma espécie de museu a céu aberto para registrar e destacar a história local e os artefatos encontrados após escavações arqueológicas realizadas no entorno.

A Igreja de São José do Queimado faz parte do sítio histórico de Queimado, onde aconteceu a revolta dos escravos do Espírito Santo, chamada de Insurreição de Queimado. O movimento foi liderado por Chico Prego, João da Viúva, e Elisário, em março de 1849.

Devido à ação do tempo, as ruínas sofreram danificações em algumas paredes e a torre, e uma estrutura metálica dará sustentação para as paredes que permanecem de pé. A obra está sendo realizada pelo Instituto Modus Vivendi e estão sendo usados os seguintes equipamentos SH: Andaime Fachadeiro  ® SH com Multipiso e Travamento de Tubo, que contribuem para o acesso dos restauradores. A obra, que foi iniciada no início de 2019, teve seu término no dia 19 de março de 2020. Ao todo foram quase 12 toneladas de equipamentos SH na obra.

Colaboradores SH atuantes na Obra:

Gerente da Unidade Espírito Santo: Daniel Goldring
Supervisor Comercial: Arnaldo Oliveira
Supervisor Técnico: Sirlei Oliveira
Supervisor de Logística: Breno Lima
Projetista: Giancarlo Pina
Assistente Comercial: Luiza Cavassana

Quer saber mais sobre as soluções da SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

 

Coronavírus: cuidados e medidas para as equipes de produção que têm que continuar operando

Na SH estamos acompanhando de perto os desdobramentos da propagação do Coronavírus e estamos seguindo ao máximo as orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde, a OMS, porém, como temos alguns colaboradores em atividade para mantermos o atendimento a clientes que seguem operando, adotamos alguns cuidados fundamentais para garantir a segurança de nossas equipes.

Desde o dia 16 de Março de 2020 a SH estabeleceu o isolamento social de parte de seus colaboradores em todas as suas unidades no Brasil e no exterior, o cancelamento de viagens nacionais e internacionais, eventos internos e a substituição de reuniões presenciais por videoconferência. E para as equipes em atividade, em respeito à segurança de nossos colaboradores, um de nossos valores fundamentais, estabelecemos algumas condutas que estão sendo determinantes para evitar o contagio e que podem servir a outras empresas em situação semelhante, principalmente no que diz respeito à mudança de hábitos e adequação das estruturas de trabalho.

Confira as ações e medidas que estão sendo praticadas em nossas unidades:

  • Distribuição de álcool em gel para os nossos colaboradores;
  • Distribuição de copos e canecas individuais para os nossos colaboradores além da proibição categórica para não compartilharem em hipótese alguma;
  • Disponibilização de álcool em gel em locais estratégicos (banheiros, entrada dos refeitórios, almoxarifados, etc);
  • Placas informativas sobre a correta higienização das mãos e dos EPI’s;
  • Orientações e controle de entrada e permanência no refeitório, restrito apenas a um colaborador por mesa (a mais de um metro de distância);
  • Medição da temperatura do colaborador antes do início da jornada de trabalho;
  • Diálogo Diário de Segurança (momento onde ocorre a troca de informações entre os colaboradores, principalmente sobre segurança) ao ar livre, respeitando a distância mínima de 1 metro entre cada colaborador;
  • Portas e janelas abertas durante toda a jornada de trabalho;
  • Higienização reforçada dos postos de trabalho diariamente;
  • Lavagem com água quente dos utensílios disponibilizados no refeitório e utilização do álcool 70 para a desinfecção dos mesmos;
  • Vídeos educativos sobre a correta higienização das mãos e cuidados para evitar a contaminação.

Por aqui seguimos trabalhando, atentos aos cuidados. Todos que podem, em Home Office como o recomendado, e quem não pode, em regime especial de cuidados e atenção que aqui compartilhamos para ajudar outras empresas que também não conseguem parar 100%.

A SH fornece soluções para estrutura no Brasil inteiro, além de Colômbia e Paraguai, e algumas obras montam hospitais e centros de saúde imprescindíveis nessa luta contra o Covid-19 e os desafios diários da saúde, além de pontes, viadutos e demais projetos que transformam a infraestrutura das cidades melhorando a vida de todos.

Entendemos nosso papel importante nesse ecossistema e seguiremos… Nossa estrutura é feita de gente que faz a diferença, e que segue junta, se cuidando e cuidando dos demais a nossa volta.

Contribuição:

Iris BastosTécnica de Segurança de Trabalho da SH Unidade Rio de Janeiro.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Construção de segundo maior empreendimento Residencial em Vitória possui equipamentos SH

Art The Gallery Residence contará com duas torres com 31 pavimentos cada

O empreendimento Art The Gallery Residence, localizado em um dos bairros mais nobres de Vitória, a Enseada do Suá, é um projeto que une a arte a conceitos de arquitetura, design, paisagismo e decoração, formando uma atmosfera única e inovadora.

O empreendimento residencial contará  com duas torres de 31 pavimentos, com 108 apartamentos, área de lazer e galerias de lojas no pavimento térreo.  As obras, que iniciaram em fevereiro desse ano,  tem previsão para concluir a estrutura em março de 2021.

A Opportunity Fundo de Investimentos Imobiliários é a empresa responsável por esse mega projeto, e conta com soluções SH como: Multiform SH®, Torre de Carga LTT, Perfis Metálicos, Perfis Vazados, Barras, Porcas, Escoras Metálicas e Escoras Lume.

Para os pilares dos elevadores e escadas, está sendo usado o sistema de formas Multiform SH®, formado de Perfis U Laminados, unidos entre si com espanadores, e vigas SH20 fixas com grampos, com capacidade de carga admissível entre 60kn/m² e 90kn/m2.

 “Utilizamos o sistema de formas Multiform SH® e dessa maneira conseguimos otimizar tempo na montagem das formas dos pilares maiores, onde o cliente irá içar com a grua o sistema já montado para esses pilares.”, contou Fabio Souza, Supervisor Comercial da Unidade Espírito Santo.

 O Art The Galery Residence será o segundo empreendimento mais alto de Vitória, com mais de 100 metros de altura, e aproximadamente 30 mil m² de estrutura, em localização estratégica, próximo ao Tribunal de Justiça do Estado, na entrada da terceira ponte que liga Vitória à Vila Velha, sendo também hoje a maior obra residencial do Espírito Santo.

Colaboradores SH atuantes na Obra:

Gerente da Unidade Espírito Santo: Daniel Goldring
Supervisor Comercial: Fabio Souza
Supervisor Técnico: Sirlei Oliveira
Supervisor de Logística: Breno Lima
Projetista: Giancarlo Pina
Assistente Comercial: Luiza Cavassana

Quer saber mais sobre as soluções da SH? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

Obra de Viaduto em Fortaleza conta com soluções SH

Duplicação de Viaduto do Makro tem como objetivo melhorar a mobilidade da região

Um viaduto em Fortaleza, que liga as Avenidas Raul Barbosa com a Alberto Craveiro sobre a BR-116, está sendo duplicado com auxílio de equipamentos fornecidos pela SH. Considerada uma das vias mais importantes de Fortaleza pela conexão de turistas a pontos da região hoteleira, como a Praia de Iracema, a obra do conhecido Viaduto do Makro tem como propósito melhorar o sistema de drenagem, que não suportava o volume de chuvas, e também melhorar a mobilidade viária da região.

A obra foi dividida em quatro partes:

1ª: extensão do viaduto e instalação de estruturas independentes;
2ª: drenagem na pista leste (Avenida Alberto Craveiro), com estreitamentos na via;
3ª: drenagem da pista oeste, também na Alberto Craveiro;
4º: obras nas alças de acesso à BR-116.

Para a execução dessa obra estão sendo aplicadas as seguintes soluções: Forma Concreform SH®, Torres de Carga LTT e LTT Extra, Perfil W, Forma para Pilar Circular SH®, Modex® SH e Escada 325, no qual foram aplicadas em blocos de fundação, forma para travessa, escoramento para as vigas travessas, forma para viga travessa, forma para transversina, forma para aba de transição, escoramento transversina, escoramento aba de transição e Escada de acesso para as estruturas.

Duplicação Viaduto Makro

‘’ Precisamos oferecer uma solução suspensa (em balanço) que permitisse o tráfego de veículos mantendo um vão livre de 5,50 metros de altura. A solução só foi possível porque foi realizada com participação ativa do cliente, onde conseguimos elaborar um sistema que atendia todas as suas necessidades. ’’ contou Fabio Junior e Michelle Kishita, Supervisores Comerciais da Unidade Fortaleza, Ceará.

A obra, que teve início em Julho de 2019, tem previsão de término em Maio de 2020 e chegou a aproximadamente 90 toneladas de equipamentos SH.

Colaboradores SH atuantes na Obra:

Gerente da Unidade Ceará: Paulo Portela
Supervisores Comerciais:
Fabio Junior e Michelle Kishita
Supervisor Área Técnica: Fernando Borges
Assistente Técnico: Felipe Barbosa
Supervisora de Projetos: Márcia Albuquerque
Projetista:
Asafe Rodrigues
Logística: Diego Silva
Administrativo: Marília Silva

Ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre formas, andaimes e escoramentos? Entre em contato com a nossa equipe pelo sac@sh.com.br ou no 0800 899 8903.

 

Saiba como evitar erros e minimizar possíveis imprevistos com Projetos!

É no projeto em que são feitas todas as escolhas do empreendimento, conciliando as demandas do usuário, as possibilidades financeiras, as exigências legais e a normalização vigente! Além de ser responsável por desenvolver soluções de engenharia que otimizem os processos, o setor de projetos também é responsável pela exequibilidade, segurança e custos de uma obra. Podemos destacar alguns dos grandes benefícios, como a economia de tempo, recursos e mão-de-oba

Você ainda está na dúvida se o projeto da sua obra é tão importante assim?Confira alguns dos problemas que ele pode evitar:

Ocorrência de sinistro

Atraso no Cronograma

Retrabalho

Custo Extra

Os projetos de soluções em Formas, Andaimes e Escoramentos costumam ser produzidos pelo fornecedor do equipamento, a partir dos desenhos do projeto estrutural e de arquitetura. Quando necessário, um assistente técnico visita pessoalmente a obra para identificar possíveis interferências não visíveis nos desenhos e adequar o projeto. Você sabia que existe uma norma que dita o necessário para o projeto?Isso mesmo! A NBR 15696, no item 4.1.2, trata sobre os requisitos mínimos para a elaboração de projetos de escoramento e Formas.

Segundo o item 4.1.2.1, o projeto de escoramento deve:

a) Especificar as cargas admissíveis dos equipamentos utilizados.

b) Definir claramente e exatamente o posicionamento de todos os elementos.

c) Definir as cargas nas bases de apoio.

d) Informar com plantas, cortes, vistas e demais detalhes, de tal forma que não fiquem dúvidas para a correta execução da montagem.

Vale lembrar que, conforme a Norma Regulamentadora Nº18 (NR-18) – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na indústria da Construção, o dimensionamento de andaimes deve ser realizado por profissionais legalmente habilitados e o projeto deve ser acompanhado pela respectiva

anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

Separamos para você os 10 destaques do setor de projetos da SH. Afinal, queremos ajudar você a garantir o melhor desempenho para a sua obra!

1º Apresentamos soluções de projetos inovadoras aos nossos clientes;

2º Possuímos diferentes veículos de comunicação com o cliente, o que possibilita o fluxo de informações. Com isso atingirmos o resultado esperado;

3º Somos uma equipe de alta produtividade e formada por profissionais gabaritados e reconhecidos no mercado, priorizando sobretudo a segurança para fornecer tranquilidade aos nossos clientes;

4º Expertise de 50 anos! Conseguimos sempre antecipar as necessidades do cliente, item importantíssimo em obras de alta complexidade;

• 5º Nos diferenciamos no atendimento dos prazos;

6º Todas as nossas 11 unidades nacionais e 2 internacionais, Colômbia e Paraguai, possuem equipes de projetos com profissionais treinados e qualificados;

• 7º Podemos fornecer projetos com memória de cálculo e ART;

8º Projetos detalhados que facilitam o entendimento da solução adotada e montagem dos equipamentos, com detalhamento em 2D e 3D

9º Bom planejamento de etapas e remanejamento de equipamentos entre as etapas exige projetos que levam em conta a obra inteira, e isto gera economia na locação e no frete de equipamentos;

10º Equipe de orçamento para estudo inicial da obra, visando maior assertividade nas propostas e ajudando a reduzir o custo da execução das estruturas;

Aqui na SH Trabalhamos com segurança, suporte e transparência, além de u atendimento próximo e diferenciado para ajudar você a tirar seu projeto do papel…Vamos fazer isso Juntos?

#EuEscolhoASH

Entre em contato com nossa equipe e garanta uma obra NOTA 10!

sac@sh.com.br
0800 282 2125

Edifício de 1 bilhão de reais na Faria lima, em São Paulo, conta com equipamentos SH.

O Birman 32 é um Empreendimento Corporativo que está sendo construindo em São Paulo. Um projeto grandioso com, aproximadamente 120 mil metros²,  o Edificio B32 é um edifício comercial e seu projeto também contempla um teatro e uma praça!

Para a execução dessa obra, a construtora Birmann S.A, conta com soluções avançadas em Formas e Escoramentos da SH.

Planejado para garantir a alta eficiência dos seus espaços corporativos, o empreendimento possui 52 mil metros² de áreas locáveis, em 32 pavimentos de até 2 mil metros² de laje, em uma torre única de 125 metros de altura, e tudo isso pensado para a integração com a cidade.

Na obra estão sendo utilizados os sistemas: Concreform SH® para pilares e paredes, Tekko ®SH para blocos, Topec ®SH em lajes, Torre de Carga LTT para vigas, Modex ®SH em escadas e andaimes e Forma Circular para pilares. ✔

“Dentro do projeto que tínhamos de estrutura de concreto armado fomos ao mercado procurar as melhores empresas que poderiam nos atender, tanto em quantidade de fornecimento, como prazo para ser atingido. Uma das coisas que fez a diferença quando fizemos a contratação da SH, foi à disposição da SH em disponibilizar um engenheiro que ficasse “Full-Time” na obra e mais um técnico que fizesse o acompanhamento dos materiais”.

Pedro keleti – Gestor da Obra B32

Marco Cavalheiro, Gerente Comercial da Unidade de São Paulo, explica qual foi, até o momento, o maior desafio no atendimento dessa obra:

“O maior desafio foi à produtividade para ganho de cronograma. Com o sistema Topec ®SH e acompanhamento técnico impecável, conseguimos agilizar em aproximadamente três meses a entrega da estrutura.”

A obra, que iniciou no início de Fevereiro de 2018, tem previsão de término em Outubro de 2019.

Confira a entrevista com Pedro keleti – Gestor da Obra B32:

Confira a evolução da obra:

SH mais ágil do que nunca!

Confira esses cases de sucesso que mostram como a distribuição geográfica e a qualidade das equipes SH a colocam como a parceira ideal também em casos de obras emergenciais!

Obras emergenciais nunca estão nos planos e muito menos no orçamento, não é mesmo? Em um momento delicado e algumas vezes de risco como esse, é preciso cautela na busca de fornecedores. Afinal, chega de surpresas!

Durante os seus 50 anos, a SH participou da execução de milhares de obras de interesse social, como a construção de metrôs, barragens, aeroportos, pontes, viadutos, monumentos históricos, edifícios industriais, comerciais e esportivos.  Durante essa longa trajetória de sucesso a empresa não só se especializou nesses estilos de obras como também se tornou referência no atendimento às obras emergenciais, que demandam ações imediatas.

A empresa destaca-se quando o quesito é agilidade e presteza, colocando em prática seus diferenciais: tecnologia de ponta, equipamentos específicos, soluções customizadas, assistência técnica, gestão de equipamentos em obra e um sistema de logística informatizado.

Separamos três exemplos de obras emergenciais atendidas pela SH, que por meio de uma força tarefa ágil e eficiente, tornaram-se grandes cases de sucesso!

Na madrugada do dia 15 de Novembro, o elevado do acesso da Marginal Pinheiro para a Rodovia Castelo Branco / Marginal Tietê – São Paulo, cedeu cerca de dois metros, ocasionando acidente com veículos que trafegavam no momento do desnivelamento das pistas. De modo a garantir que o viaduto não desabasse devido às movimentações naturais da estrutura, (dilatações térmicas) e vibrações das vias férreas e viárias do entorno do viaduto, foi solicitado pela secretaria de obras à intervenção preventiva imediata para o apoio de pontos críticos da estrutura através de torres de escoramento.

A Equipe Comercial, de Projetos, de Logística e de Assistência Técnica da SH agiram de forma ágil e eficiente para atender a necessidade do cliente, garantindo a estabilidade e manutenção da estrutura local com segurança.  Foi montada uma força tarefa para desenvolver uma solução completa de reescoramento, um sistema rápido, simples de montar, seguro e com disponibilidade em grandes quantidades para o atendimento imediato. Devido às emergências demandadas pela obra, a equipe tinha um prazo de 24 horas para entrega dos equipamentos, gerenciamento de montagem e entrega do serviço,  o viaduto contou com o apoio de torres de escoramento SH em pontos críticos da estrutura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Em casos de obras emergenciais, nos quais os prazos são apertados, o fundamental para que possamos atender a situações como essa é termos um time forte (Projeto, Assistência técnica e Comercial), com pessoas comprometidas e experientes que possam transmitir tranquilidade e segurança aos clientes.”
Paulino Filho – Supervisor de Projetos.

Outro setor de total importância seja em obras programadas quanto em obras emergenciais, é o setor de Logística. No caso da obra do Viaduto da Marginal Pinheiros, havia uma dificuldade logística pela distância das frentes de trabalho e também pelo fato das mesmas serem divididas pelas linhas dos trens, o que dificultava o translado de material entre áreas. Foi preciso mudar a estratégia de entregas dos caminhões para melhor divisão dos equipamentos que chegavam ao canteiro. As cargas foram divididas para cada trecho e enviadas para as devidas áreas, evitando a falta e a sobra nos diferentes trechos.

Paulino Filho – Supervisor de Projetos, conta que a equipe SH montou um esquema de descarregamento mecanizado em locais estratégicos para agilizar a montagem com próprio maquinário da obra. Essa execução ajudou bastante a velocidade da montagem. O atendimento de qualidade e ágil de toda a equipe SH foi fundamental para realizar o escoramento de 80 metros da estrutura, onde em menos de 24 horas, foram colocados 105 toneladas de equipamentos na obra!

Se você ainda está na dúvida se é possível aliar rapidez na execução junto à qualidade e respeito aos prazos, confira o próximo Case!

Dessa vez o grande desafio foi a recuperação do Viaduto na BR-020 em Caucaia, Fortaleza onde a agilidade da equipe SH foi fundamental. No dia 02 de Janeiro de 2019 explosivos atingiram um dos pilares centrais, comprometendo a estrutura. A rápida solução apontada pela equipe SH foi fundamental para realizar o reescoramento da estrutura e refazer o pilar. Para essa obra foram utilizados 30 toneladas de equipamentos SH: Torre de Carga LTT, Torre de Carga LTT Extra.

“O diferencial da SH em atuação de obras emergenciais está na disponibilidade de equipamentos para atendimento imediato, além de um atendimento e soluções rápidas.” Michelle Kishita– Supervisora de Contratos comercial.

 

 

E mais um caso de pronto atendimento: No dia 17 de maio uma grande estrutura de concreto desabou dentro do Túnel Rafael Mascarenhas, importante ligação entre a zona sul à zona oeste do Rio de Janeiro, interditando as duas pistas.  Logo após o acidente começamos a procurar uma forma de oferecer nossa engenharia para solucionar o problema.

 

 

 

 

 

 

 

 

“iniciamos as comunicações com a GeoRio e prefeitura demonstrando nosso interesse em participar dessa empreitada que não seria fácil. Fomos os primeiros a ser chamados para esse pronto atendimento.”
Fernanda Silva – Supervisora Comercial

Desde então a Equipe SH da Unidade Rio de Janeiro trabalharam a todo vapor no escoramento do Túnel, com o desafio de mantê-lo seguro para o transito de carros no menor intervalo de tempo possível para que a cidade não tivesse sua circulação prejudicada. Para isso foi desenvolvida uma solução emergencial para reescoramento das vigas pré-moldadas do túnel e estroncamento dos pilares que ficaram abalados após os deslizamentos de terra e consequentemente desabamento das lajes. Em 5 horas a equipe SH fez todo o projeto, carregamento e montagem dos equipamentos LTT Extra, Perfil W e Lumisystem SH.

“Iniciamos o atendimento no sábado pela manha, às 17:00hs já havia equipamento em obra  e  à 0:30hs  já foi possível fazer a liberação de um dos sentidos do túnel”.
Fernanda Silva – Supervisora Comercial

A Equipe SH buscou por uma solução técnica mais adequada no menor espaço de tempo possível. A solução envolveu representantes de todos os setores para que conseguíssemos projetar, listar equipamentos, checar as condições dos mesmos e carrega-los em tempo record.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“O tempo curto era o grande desafio, sem falar também que fomos acionados em um sábado, dia que não há expediente na SH, Porém quando fomos avisados pelo Gr da unidade Antonio Junior e o Dir de Infra Avelino Garzoni, eu fui para SH e fiquei de prontidão, o projetista Andrei também foi para unidade, neste dia tínhamos um ponto a favor, havia uma equipe da logística trabalhando na unidade, então com as diretrizes que recebi do Antonio e Avelino, fizemos SEE e carregamos 02 caminhões”
Jaime Castro – Supervisor de Assistência Técnica.

Toda essa agilidade é graças a uma equipe qualificada que trabalha em conjunto para atender de forma rápida e eficiente nossos clientes.

Equipe comercial envolvida no projeto:
Fernanda Silva, Antonio Junior, Avelino Garzoni, Jaime Castro, Vitor Antunes, Andrei Verling, Andre Marques, Rodrigo Gomes, André Cunha

A SH entende a necessidade de cada cliente de forma customizada e fornece um atendimento especializado e individualizado de acordo com cada necessidade. Estamos preparados para atender os mais diversos desafios!

#EuEscolhoASH #AgilidadeSH

Saiba por que o TOPEC SH® é altamente recomendado para sua obra

Como reduzir o custo de mão de obra?

Quando uma obra se inicia é importantíssimo ter em mãos ferramentas que otimizem a execução da empreitada, certo? Para tanto, é necessário fazer comparações: como reduzir custo de mão de obra? Já pensou qual a melhor forma de diminuir o descarte de material ou reduzir o tempo estabelecido?

Algumas ferramentas são muito utilizadas por engenheiros e mestres de obras, pois já têm comprovação de que seu uso garantem custo-benefício positivo. Uma delas é o sistema de escoramento TOPEC SH®.

Primordial na redução de mão de obra, o TOPEC SH® é responsável pela diminuição de até 80% no uso de madeira, reduzindo descartes.

O que é o TOPEC SH®

Fôrmas para execução de lajes em concreto armado são soluções muito vantajosas para engenheiros e mestres de obras. O TOPEC SH® é isso e mais: é uma fôrma para execução de lajes em concreto armado cujo sistema drophead permite desforma sem a necessidade de retirar escoras do concreto durante a execução do reescoramento, além de oferecer inúmeras vantagens.

Ele é composta por painéis de alumínio forrados com chapa de compensado plastificado, cada painel de escoramento pesando aproximadamente 14 kg/m². Seu acabamento é muito bem projetado e executado, o que facilita na hora da desforma. O sistema permite a montagem de lajes, sem a necessidade de cortes, pregos ou emendas.

Compare o TOPEC SH® com outros tipos de escoramento

Agora, quais as vantagens que você pode ter em uma obra ao escolher trabalhar com o TOPEC SH®? Algumas delas são:

  • a facilidade de controle de nivelamento das lajes;
  • a segurança no processo de montagem e desmontagem;
  • facilidade de limpeza e organização do canteiro de obra;
  • locação de fôrma para lajes com valor competitivo em relação a outras soluções de escoramento.

Se você já conhece o sistema  TOPEC SH® ou se ainda está se familiarizando, vale a pena compará-lo com outros sistemas de escoramento. Isso vai ser primordial na hora da escolha. Nosso Simulador de Custos de Obra faz a comparação entre o que é gasto em uma obra em que o TOPEC SH® é utilizado, e o que é gasto em uma obra que conta com escoramentos convencionais.

Antes de iniciar seu projeto, compare e confirme que você terá, além das vantagens já citadas, a garantia de:

  • Sustentabilidade financeira da obra: redução do tempo e de mão de obra.
  • Sustentabilidade ambiental da obra: diminuição no descarte de madeira.

BAIXAR SIMULADOR DE CUSTOS DE OBRA

Depois de usar nosso Simulador de Custos e comprovar as vantagens do nosso sistema de escoramento, não hesite, conte com a nossa equipe para ajudar e com o orçamento feito sob medida para você.